Encontro paraibano cria Gabinete da palma, cochonilha e sustentabilidade da pecuária no semiárido

Componentes diversos ligados a agricultura e pecuária paraibana se reuniram na última quinta-feira(12/04), em Campina Grande, para uma oficina referente a cultura da palma forrageira e outras cactáceas no âmbito do estado da Paraíba, planejamento de um projeto integrado de revitalização, multiplicação, diversificação, tecnificação e otimização da cultura da palma além da criação de um colegiado formado e articulado por instituições governamentais, não governamentais e privadas objetivando promover o desenvolvimento da palma forrageira no Estado da Paraíba com ênfase na praga da Cochonilha do Carmim.

“Foi um dia produtivo porque dos três indicativos que nós tínhamos para a reunião nós conseguimos cobrir todos. Primeiro indicativo era um projeto de revitalização e otimização da cultura da palma através de campos didáticos de multiplicação; o segundo era o alinhamento da construção da política pública para a palma e outras cactáceas e o terceiro a criação do Gabinete da palma”, explica o professor da Universidade Federal de Campina Grande, Daniel Duarte afirmando que tudo está bem alinhavado para que a região seja bem discutida e as políticas públicas sejam aplicadas em benefício do desenvolvimento da pecuária regional.

Representante da Cooperativa Agropecuária do Cariri (Coapecal), Marcelino Trovão de Melo, disse ser oportuno a discussão já que a palma representa um dos mais importantes suportes forrageiros, e a pecuária uma atividade importante geradora de trabalho e renda no meio rural que está ameaçada em razão da presença da Cochonilha do Carmim e a falta de ações concretas por parte de órgãos competentes. “Acho que o momento é bastante oportuno para a criação do Comitê, aliás acho que já estamos com bastante atraso. Vamos vê se agora através do comitê da palma ecoa nossos encaminhamentos, nossas solicitações que até então nós nunca tivemos respostas de tudo aquilo que solicitamos em encontros e mais encontros e apenas aquelas ações isoladas nossas e ou de algumas prefeituras, mas são coisas isoladas que não trás realmente os resultados e não atende os anseios dos nossos produtores”, explica Trovão de Melo ao dialogar com os ouvintes do Programa Domingo Rural deste domingo(15) e do Programa Universo Rural da última sexta-feira(13).

Paulo Medeiros Barreto é diretor da Central Única dos Trabalhadores e presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Barra de Santana, participou do encontro e dos programas rurais de nossas emissoras parceiras falando sobre o que espera em termos de ações práticas a partir da construção do novo Gabinete. “É um style=mso-spacerun: yes>  bom momento já que a gente vem discutindo essa problemática da palma que vem se complicando a cada dia com o avanço da cochonilha e a gente agora cria esse Gabinete para avançar nas discussões e eu tenho certeza que com esse formato vamos conseguir avançar nas discussões e trazer frutos das discussões e ações que vamos enfrentar daqui por diante”, explica Medeiros Barreto acrescentando que é melhor o acontecimento mesmo tarde do que nunca.

O Gabinete da palma é um colegiado amplo e diversificado de entidades e governos objetivando coordenar as ações relativas ao desenvolvimento da palma forrageira com ênfase no combate sistemático da praga da cochonilha que vem dizimando a pala gigante no semiárido.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top