Esperança no Campo e Domingo Rural evidenciam comemoração dos sete anos de Bodega e um de Feira Agroecológica

SR300915bOs sete anos de Bodega Agroecológica e um ano de Feira com oferta da produção agroecológica foram comemorados por agricultores, agricultoras, técnicos de entidades de assessoria, clientes, componentes do NEDET Cariri Oriental e a população de municípios do Cariri, Seridó e Curimataú paraibano, durante a feira mensal na manhã do último dia 23(quarta-feira) na cidade de Soledade, Cariri Oriental paraibano.

O tema foi evidenciado no Programa Esperança no Campo e Domingo Rural evidenciado o evento comemorativo realizado naquela manhã onde as famílias agricultoras, assessores técnicos e clientes compartilharam solidariedades, produtos e conhecimentos durante o espaço de exposição e vendas no centro daquela cidade. “Faço uma avalição de grande expectativa pra nós porque nós vem com três a quatro anos de seca e nós somos insistentes e mesmo com pouca água, mas, graças á Deus, estamos a frente trazendo pouca coisa pra feira, mas a gente está mostrando que tem um produto de qualidade longe de agrotóxicos e sabemos que estamos levando qualidade pra nossa mesa, pra mesa de nossos vizinhos e também levando pra feira e cabe as cidades como Soledade, Juazeirinho, Campina Grande abrir os olhos e ver que está acontecendo e vir comprar como forma de incentivar nossos agricultores“, explica a agricultora Maria de Fátima Silva, produtora e residente na comunidade rural Pedra D´água de Juazeirinho.

“Esse evento é porque hoje a feira da agricultura familiar está fazendo um ano e também no dia 10 a gente está comemorando antecipadamente o aniversário da Bodega que está com sete anos”, comenta Zilma Maximino Dantas, componente do Coletivo Cariri. Ela explica que são quatro anos de seca, mas as entidades e agricultores estão conseguindo produzir para a alimentação da família e vendendo para mercados locais e institucionais, graças ao trabalho de capacitação continuado feito pelas entidades do Coletivo das entidades e agricultores familiares do Cariri, Seridó, Curimataú.

“A gente avalia, não somente o evento como também o trabalho dessas instituições que hoje comandam ou pelo menos levam à frente essas feiras agroecológicas nos municípios e a Bodega Agroecológica e todas essas ações que trabalham o desenvolvimento da agricultura familiar agroecológica dos territórios do Cariri Oriental, Curimataú, Seridó aonde o Coletivo atua junto ao PATAC a gente avalia como muito positivo essas experiências, e aí o nosso Núcleo de Extensão e Desenvolvimento Territorial do Cariri Oriental vê como importante prestigiar eventos como este e aproximar os laços entre o Fórum que é a instituição maior do Território do Cariri Oriental e essas instituições que têm forte atuação na agricultura familiar do território e uma dessas instituições é o Coletivo Regional, por isso o nosso NEDET fez questão de estar presente para prestigiar e conversar com aquelas pessoas ali presentes, fazer o convite para que essas pessoas estejam cada vez mais próximas das discussões do território porque a gente acredita que não adianta o NEDET chegar pra fazer um assessoramento no Território do Cariri Oriental, via Fórum de Desenvolvimento Sustentável do Cariri Oriental, se a gente não trabalhar somando forças ao que já se realiza no território”, explica a assessora de Gestão Social do NEDET Cariri Oriental, Raiza Tavares, detalhando a importância da união de forças e diálogo das ações já em andamento dentro da unidade territorial.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top