Gestora de Barra de São Miguel anuncia ampliação na agricultura familiar

Logo no início das chuvas de 2009 a prefeitura da cidade de Barra de São Miguel começou o trabalho com o corte de terras para as famílias agricultoras de todo o município mesmo diante das limitações financeiras e estruturais encontrada pela nova gestora daquele município caririzeiro, prefeita Luci Teixeira Lopes, Luci Lopes(foto).

Ela informou que concertou tratores e implementos sucateados, alugou outros equipamentos e pediu autorização da Câmara Municipal para aluguel de novos equipamentos e disse que a expectativa é boa para a safra 2009 e disse que esforços estão sendo feitos para a estruturação da agricultura local, citando como exemplo as ações esperadas dentro das parceiras desenvolvidas através do Território do Cariri Oriental. “Estamos no terceiro mês de administração e nas administrações passadas foi feito muito pouco, onde temos um município em que o agricultor não é cadastrado, está passando por um cadastro agora mas eu acredito que nós vamos atender uns 400 ou mais agricultores com suas terrinhas cortadas se Deus quiser”, argumenta a executa.

Ela comentou que graças a participação do município no Fórum do Cariri Oriental, foi possível a chegada de sementes pela primeira vez naquela municipalidade. “Não tínhamos direito, mas graças ao Ministério do Desenvolvimento, graças a participação do Fórum em que hoje estou participando de mais uma reunião e vejo a cada dia que temos que estar unidos”, comentou Luci.

Aquela prefeita justificou a importância das discussões territoriais e disse que suas secretarias governamentais estarão presentes de forma constante nas discussões objetivando encontrar a microrregião para a microrregião na qual está incluído aquele município e garantiu que todos os agricultores familiares estarão presentes no Programa Garantia Safra, pois aquele município não hesitará em investir na contrapartida e em conscientizar as famílias agricultoras para participarem do Programa já que o município está localizado numa área semiárido com acentuado risco.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top