Incra e MDA promovem mutirões de documentação em mais 11 municípios paraibanos

Onze municípios paraibanos pertencentes ao Território da Cidadania Cariri Ocidental receberão os mutirões de documentação do Programa Nacional de Documentação da Mulher Trabalhadora Rural (PNDTR) a partir da segunda-feira (26) até o dia 6 de dezembro.

A informação é da assessora de comunicação do IncraPB, Kaliandra Vaz, explicando que estão sendo beneficiados os municípios de São Sebastião do Umbuzeiro (26/11), Monteiro (27/11), Zabelê (28/11), Boa Vista (29/11), Prata (30/11), Camalaú (01/12), Congo (02/12), Sumé (03/12), São José dos Cordeiros (04/12), Coxixola (05/12) e São João do Cariri (06/12) e que outra rodada de mutirões está programada para o período de 10 a 20 de dezembro nas regiões do Cariri Oriental, Vale do Paraíba e Borborema.

Vaz explicou que os mutirões, promovidos pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e pela Superintendência Regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) na Paraíba, irão beneficiar moradores de comunidades rurais, acampamentos, assentamentos da reforma agrária e comunidades quilombolas que poderão tirar, gratuitamente, documentos como registro de nascimento, carteira de identidade, carteira de trabalho, registro junto ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e carteira de pescador.

Aquela assessora explicou que em 2012, os mutirões do PNDTR já emitiram 24 mil documentos em 58 municípios paraibanos, que foram realizados ainda cerca de 10 mil atendimentos de saúde e consultas pelas equipes da Defensoria Pública, do Conselho Tutelar, do INSS e da Emater-PB e que na Paraíba, as ações vêm sendo desenvolvidas em parceria com diversas instituições.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top