Indústria de calçados é foco de novo estudo elaborado pelo BNB

A indústria calçadista brasileira possui papel relevante em termos de produção mundial, ocupando atualmente o terceiro lugar no ranking dos países produtores, totalizando 755 milhões de pares por ano. Os estados do Ceará, Bahia e Paraíba são responsáveis por 15% das exportações brasileiras de calçados, em valor, bem como por 97,8% das exportações nordestinas. O segmento produtivo mais relevante é o processamento do couro, com destaque para o crescimento da utilização de plástico nesse setor, que movimenta diversas indústrias, entre elas a de máquinas industriais, insumos químicos, automotiva e vestuário.

Em contato com a equipe Stúdio Rural, a assessora do BNB na Paraíba, Susana Rocha, justificou que as informações são parte do levantamento realizado pelos pesquisadores do BNB Fernando Luiz Emerenciano Viana e Roberto Ednísio Vasconcelos Rocha, no livro “A indústria de calçados no Nordeste: características, desafios e oportunidades”. “Este é o 14° da Série Documentos do Etene, publicação que visa subsidiar o Banco do Nordeste, demais órgãos de Governo e organizações da sociedade civil na elaboração de políticas de desenvolvimento específicas para o setor”, justifica, acrescentando que segundo os autores, pós-graduados em Engenharia de Produção, o objetivo do estudo é contribuir para a compreensão da realidade atual, dos desafios e oportunidades que se apresentam à indústria de calçados brasileira, em particular a nordestina, tendo como visão a integração e o desenvolvimento regionais.

O primeiro e segundo capítulos, informa Rocha, apresentam uma contextualização sobre a cadeia produtiva de calçados e as peculiaridades desse setor produtivo em nível mundial, nacional e regional, destacando as características das indústrias da Bahia, Ceará e Paraíba, principais pólos calçadistas da Região. O terceiro capítulo aborda a estruturação da cadeia produtiva, desde o fornecimento de matérias-primas até a tecnologia empregada e os custos de produção dentre outras informações.

Fonte : Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top