Lagoa Seca sedia I seminário sobre o programa Garantia Safra na Paraíba

Nesta sexta-feira (4), a Delegacia Federal do Desenvolvimento Agrário da Paraíba – DFDA/PB em parceria com a Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca – SEDAP através da Coordenação Estadual do Programa Garantia Safra, realizam o I Seminário Estadual do Programa Garantia Safra em evento que acontece no Convento Franciscano, sítio Ipuarana, em Lagoa Seca, às 8:30 horas.

A informação foi repassada pelo consultor do programa Garantia Safra na Paraíba, Ranyfábio Cavalcante, justificando que durante o evento serão apresentadas as principais mudanças do programa para 2009/2010, os procedimentos de apuração de fraudes em caso de denúncias por parte do Ministério Público Federal da Paraíba, além de ser feita uma avaliação propositiva do programa no Estado, acrescentando que o espaço foi criado para que todos possam ver a evolução do Programa Garantia Safra, verificando como o Estado vem se beneficiando com as ações desenvolvidas.

Ao contatar com Stúdio Rural Ranyfábio informou que o Encontro reunirá representantes da Emater, prefeituras municipais, secretarias de agricultura, Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável e dos Territórios Rurais e da Cidadania de todo Estado, tendo como finalidade a abertura de um espaço para discutir ações que serão implementadas para melhoria do programa, destacando temas referentes a evolução do programa, controle social do Garantia Safra, principais mudanças e procedimentos no caso de denúncias.

O Garantia-Safra é uma ação do PRONAF que visa possibilitar um ambiente de tranqüilidade e segurança para o exercício da atividade agrícola, situados na área de atuação da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste – SUDENE, com o objetivo de garantir condições mínimas de sobrevivência aos agricultores familiares de Municípios sistematicamente sujeitos a perda de safra por razão do fenômeno da estiagem ou excesso hídrico e caracteriza-se como uma ação solidária entre os agricultores e os três Entes Federativos (os Municípios, os Estados e a União), todos preocupados em contribuir e fornecer um mecanismo capaz de proporcionar segurança aos agricultores familiares.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top