MDA contempla mais 74.712 agricultores paraibanos com pagamento do Garantia Safra

O Ministério do Desenvolvimento Agrário na Paraíba (MDA) finalizou a análise de perdas da Safra 2008-2009 da Paraíba, contabilizando 74.712 mil agricultores que estão aptos a receberem o benefício do Programa Garantia Safra referente ao plantio de 2009.

O anúncio foi feito pelo delegado federal do desenvolvimento Agrário na Paraíba, Marenilson Batista da Silva, justificando que os agricultores e agricultoras que aderiram ao Programa onde houve a comprovação de perdas acima de 50% da produção ocasionadas pelo excesso de chuvas ou por escassez hídrica (seca) já poderão consultar o calendário de pagamento do Garantia Safra na Caixa Econômica Federal (CEF) onde será emitido um cartão para cada agricultor pelo próprio banco.

Marenilson lembrou que entram na folha de pagamento do mês de Abril os municípios de Bom Jesus, Caturité, Lagoa Seca, Logradouro, Massaranduba, Matinhas, Mogeiro, Montadas, Nova Floresta, Olivedos, Pedra Lavrada, Picuí, Pocinhos, Puxinanã, Remígio, Riachão, Riacho de Santo Antônio, S. Sebastião Lagoa de Roça, Salgado de São Félix, Santa Cecília, São José dos Ramos, Seridó, Solânea, Soledade, Sossêgo, Tenório e Umbuzeiro. “No total, foram 151 municípios paraibanos aderidos na safra 2008-2009, sendo 139 analisados, sendo 129 com perdas acima de 50% estando aptos a receberem o benefício e 10 que tiveram perdas abaixo de 50% e não receberão do benefício”, informou Marenilson, acrescentando que outros 8 municípios têm problemas com a documentação enviada ao MDA e 4 municípios encontram-se inadimplentes com programa quanto ao pagamento do aporte municipal ao Fundo Garantia Safra e disse acreditar que o programa cumpre com seu princípio de assegurar uma renda mínima aos agricultores familiares atingidos por excesso de chuva e estresse hídrico – seca, sendo um dos mais importantes programas para agricultura familiar do semiárido. “Para se ter uma idéia, são mais de 74 mil agricultores que receberão o benefício, com recursos totais de R$ 41.091.600,00 (quarenta e um milhões, noventa e um mil e seiscentos reais), o que deve gerar um impacto bastante positivo na economia do Estado e principalmente dos pequenos municípios”, complementa.

Já o Consultor do Programa Garantia Safra na Paraíba, Ranyfábio Cavalcante de Macêdo, informou que do total de recursos a serem pagos no Estado, R$ 458.310,00 foram referentes ao aporte dos agricultores, R$ 1.361.822,00 dos aportes municipais, R$ 2.749.857,00 referente ao aporte estadual e R$ 36.521.611,00 de recursos do Ministério do Desenvolvimento Agrário, o que representa 88,87% do valor total. “Isso mostra o importante papel que o MDA tem no desenvolvimento da agricultura familiar da Paraíba, fortalecendo a categoria e incentivando a produção de alimentos de base familiar”, complementa e lembra que para ter direito ao Garantia Safra, o município precisa está aderido ao programa e ter registrado perdas acima de 50% do que foi plantado além de lembrar que também é exigido do município que esteja em dia com a participação no Fundo Garantia Safra e que o Comunicado de Ocorrência de Perdas (COP) deve ter sido enviado no prazo determinado.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top