Monteiro entra pra fase da colheita do algodão agroecológico

Famílias agricultoras no município de Monteiro, Cariri Ocidental paraibano, iniciadas no cultivo do algodão nos sistemas agroalimentares, estão em plena colheita da safra 2020.

Luciano dos Santos é agricultor familiar na comunidade Vila Produtiva Rural Lafayette e componente da ACEPAC, Associação de Certificação Participativa dos Produtores Agroecológicos do Cariri Paraibano e ao dialogar com Stúdio Rural, explicou detalhes do processo produtivo. “Nós temos um projeto, nós somos da Associação ACEPAC e, junto com o pessoal da Veja e o pessoal da Diaconia que dão um reforço pra gente, nós estamos engajados nesse projeto e está dando certo, esse ano a gente vai ter uma boa colheita”, explica ao dialogar com o público ouvinte do Programa Domingo Rural acrescentando que diversidade é a lógica do processo produtivo nos sistemas agroalimentares.

A experiência já está no segundo ano naquela municipalidade e Luciano explica que a quantidade de pessoas já é animadora já que as parcerias têm proporcionado compartilhamentos de conhecimentos e garantia de venda do produto em mercados previamente articulados. “Nós estamos com 18 famílias aqui na Lafayette, e nós temos o Angiquinho também que eu não sei totalmente o número de famílias, mas tem bastante gente lá também”, relata assegurando que as experiências estão em pleno diálogo no município, na região e com experiências em outros municípios de estados do semiárido.

Luciano tem área de 02 hectares em produção com a cultura do algodão e garante que com essa nova alternativa cultural já está ficando fácil guardar o milho, feijão e fava produzidos além de ter a rama e o caroço para a alimentação do rebanho. “Só pra você ter uma ideia, eu tinha 85 cabeças de cabras e eu consegui no ano passado escapar elas com o caroço do algodão, eu vendi a pluma e ainda sobrou o caroço para eu dar para os animais”.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top