Paraíba sedia Congresso nordestino de apicultura e meliponicultura nesta quinzena de novembro

A Paraíba vai sediar o III Congresso Nordestino de Apicultura e Meliponicultura em evento que acontecerá no Garden Hotel, em Campina Grande, durante os dias 20, 21 e 22(quarta a sexta-feira) deste mês e acontece numa parceria de diversas entidades dentre as quais a SEDAP, Secretaria de Desenvolvimento da Agropecuária e Pesca do governo da Paraíba e órgãos do governo.

O tema foi evidenciado no Programa Domingo Rural do último domingo(17/11) via Rádio Serrana de Araruna AM 590 kHz, Rádio Bonsucesso de Pombal AM 1180 kHz e Rádio Queimadas FM 87.9 MHZ a partir de entrevista trabalhada com o secretário do Desenvolvimento da Agropecuária e Pesca, Marenilson Batista da Silva, falando sobre a importância da cultura para a agricultura, pecuária, para o equilíbrio do meio ambiente e evidenciando o evento que envolverá um público amplo de todo o Nordeste. “Esse evento consolida e pra gente é um privilégio a Paraíba poder recepcionar esse congresso, esse congresso tem a parceria do Governo do Estado através da SEDAP, através do Cooperar, tem na organização a Emepa e aí eu gostaria de destacar o professor Joaquim Efigênio que tem sido pessoa fundamental e tem uma realização da federação dos produção, participação efetiva do Sebrae e de vários parceiros que vêm construindo e consolidando a apicultura no estado da Paraíba e eu tenho certeza de que se durante esses últimos dois anos a gente não tivesse tido essa seca tão forte, a Paraíba tinha hoje estava a cada dia mais consolidada a apicultura, mas esse congresso vai dar essa condição de a gente poder fazer esse diálogo, discutir mais sobre a cadeia produtiva, discutir sobre a questão dos alimentos da abelha e também fazer o diálogo sobre as políticas públicas onde estamos dialogando um projeto com o Procase() para a associação dos apicultores que fica naquela região de Serra Branca, na região de São José dos Cordeiros, Parari, Taperoá e fazendo com que a gente possa estar juntos implementando políticas públicas evidenciando que ações o Governo do Estado , através do Procase, pode fazer para ajudar aqueles agricultores”, explica Batista ao dialogar com nosso ouvinte.

Aquele secretário informou que o evento contará com um público bem variado que vai de pesquisadores discutindo vantagens e entraves na apicultura, presença de fornecedores e compradores dos produtos apícolas através de uma feira montada no local, presença de apicultores e meliponicultores de todo o Nordeste que conhecerão conhecimentos, tecnologias e estarão cobrando ações efetivas dos governos para o fortalecimento da atividade. Marenilson garante que a Paraíba tem um conjunto de valores e ações que justificam a realização desse evento num contexto regional. “A Paraíba tem um grupo de pessoas e órgãos que tem no mel um arranjo produtivo fundamental para o estado e a gente pode destacar que hoje nós temos na Paraíba o festival do mel produzido pelas cidades a exemplo de São José dos Cordeiros, nós temos projetos territoriais financiados pelo governo da presidenta Dilma com recursos dos territórios para a apicultura, nós temos recursos de crédito assessorados pela Emater para a apicultura, nós temos recursos de crédito através do Empreender para a apicultura, nós temos recursos não reembolsáveis através do Cooper5ar para a apicultura, nós temos os arranjos produtivos com recursos do BNDES coordenados pela secretaria da agricultura a exemplo de Salgado de São Félix para a apicultura, ou seja, você tem a Emepa com pesquisas na apicultura você tem várias universidades discutindo a questão da apicultura, você uma federação de produtores e associações de apicultura e esse conjunto de atores foram fundamentais para que a Paraíba pudesse sediar esse encontro, ou seja, a está numa crescente na apicultura”, explica Marenilson ao dialogar com nosso publico ouvinte.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top