Secretário detalha Fórum internacional de desenvolvimento territorial que acontecerá em Campina Grande

Está tudo pronto para acontecer o VIII Fórum Internacional de Desenvolvimento Territorial durante os dias 25, 26 e 27 deste mês, no Gardem Hotel, em Campina Grande e que tem a promoção da Secretaria do Desenvolvimento da Agropecuária e Pesca do governo paraibano dentre outras parceiras a exemplo do Governo do Estado de Pernambuco, Ceará e Governo Federal através do Ministério do Desenvolvimento Agrário dentre outras.

Marenilson Batista da Silva é secretário do Desenvolvimento da Agropecuária e Pesca do governo paraibano, participou do Programa Universo Rural da sexta-feira(15/11) e Programa Domingo Rural deste domingo(17/11) para falar sobre o VIII Fórum Internacional Territorial que envolverá amplo público dos diversos territórios dos estados brasileiros e outros países. “Esse, talvez seja o grande evento da Paraíba no meio rural em 2013, VIII Fórum Internacional de Desenvolvimento Territorial acontecerá em Campina Grande dias 25, 26 e 27 de novembro e lá estarão reunidos todos os pensamentos, todos os projetos, todos os programas, todas as discussões sobre desenvolvimento territorial no mundo, pra se ter uma ideia, nós teremos na abertura a embaixadora do México que vai fazer a abertura inicial, nós temos pessoas da Guatemala, pessoas da França, pessoas do mundo todo discutindo o desenvolvimento territorial e especialmente as pessoas daqui da Paraíba que estarão discutindo, seja pessoas da academia, seja pessoas que estão no dia-a-dia do território pois entendem que o território com essas novas ruralidades são fundamentais para o desenvolvimento para que possamos ter políticas públicas que atendam a base produtiva”, explica aquele secretário ao dialogar de forma ampla com nosso público 1180 kHz, 590 kHz e 87,9 MHZ.

Batista detalhou o conjunto das ações que estão sendo trabalhados enquanto programação do evento anunciando um curso de dez dias que discorrerá sobre a ruralidade e as políticas diferenciadas com abertura na tarde do domingo(17/11) em Recife e que encerrará já dentro do início do VIII Fórum Internacional de Desenvolvimento Territorial de Campina Grande. “Tem toda uma abertura inicial neste dia 17, vai ser em Recife, capital pernambucana onde durante dez dias cerca de 60 pessoas farão esse curso internacional de aperfeiçoamento nas abordagens territoriais, da nova ruralidade e que possamos ter pessoas capacitadas pra fazer as intervenções devidas dentro dos territórios, seja territórios da cidadania, seja territórios rurais e ter o instrumento do desenvolvimento territorial como estratégia de consolidação de construção de políticas públicas, não só na Paraíba, mas em todo o Brasil e por dizer em todo o mundo em que hoje se discute o desenvolvimento territorial como estratégia capaz de fazer com que as políticas públicas aconteçam”.

Segundo a assessoria do evento, no primeiro dia (25/11), a partir das 18h, acontece a abertura oficial com a presença de diversas autoridades e a Palestra Magna “A concepção de ruralidade no Brasil contemporâneo: os desafios para as políticas públicas” com a embaixadora do México no Brasil, Beatriz Paredes, além do lançamento dos volumes 21 e 23 da Série DRS; o segundo dia de apresentações será dividido em dois temas centrais. Na manhã do dia 26/11, o painel 1 faz uma introdução ao tema “Por que promover um debate estruturado sobre espaços urbanos e rurais, suas tipologias e políticas?”. À tarde, o painel 2 é uma apresentação e discussão do Projeto “Repensando o conceito de ruralidade no Brasil: implicações para as políticas públicas”. Já o último dia (27/11), o VIII Fórum será dedicado inteiramente a um Ciclo de Debates com a participação de todos os presentes. O enfoque da discussão é “uma nova concepção de ruralidade e políticas públicas”.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top