Prazo para adesão à lei de renegociações de dívidas rurais termina no final do mês

Os produtores rurais que possuem financiamentos do Banco do Nordeste, contratados até o dia 15 de janeiro de 2001, no valor de até R$ 100 mil, e desejam renegociar suas dívidas, têm até o próximo dia 28 para assinar Termo de Adesão à Lei 11.322, disponível nas agências do BNB e nos sindicatos rurais. Segundo a assessora de comunicação do BNB, Lílian Lopes Pedreira Ribeiro, é importante destacar que além da assinatura do termo, há a necessidade de pagamento mínimo de 1% do saldo devedor apurado de acordo com os novos encargos definidos pela referida lei para a concretização da renegociação. “Operacionalizada pelo BNB desde outubro de 2006, a Lei prevê benefícios que vão desde o desconto de até 75%, em caso de liquidação da dívida, ao parcelamento do saldo devedor em até dez anos, com até dois anos de carência, excluídos os juros e multas por atraso”, argumenta Lílian, acrescentando que de acordo com o Ambiente de Recuperação de Crédito do BNB, entre os 157 mil clientes que já aderiram à Lei, mais de 66 mil regularizaram sua situação junto ao Banco, perfazendo um total de R$ 1,2 bilhão renegociado e que na Paraíba, dos 21 mil clientes com operações passíveis de enquadramento, 12 mil já aderiram à renegociação, sendo que 6 mil já regularizaram suas dívidas.Lílian informou que de acordo com o novo normativo, agricultores que possuem operações de investimentos, com prestações a partir de 2 de janeiro de 2007, poderão efetuar os pagamentos até o próximo dia 15 de outubro, retirados todos os encargos de atraso e mantidos os bônus de adimplência. Para ter direito ao benefício, o produtor deve ter pago as parcelas de 2006. Para mais informações sobre a adesão à renegociação por meio da Lei 11.322 ou sobre a prorrogação de dívidas rurais vencidas em 2007, os produtores rurais podem ligar gratuitamente para o telefone 0800 728 3030 ou procurar a agência do BNB mais próxima.Fonte : Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top