Secretário diz que Semana da Agricultura cumpre papel na difusão de ações e políticas públicas na PB

Um balanço extremamente positivo evidenciando o que foi feito durante a Semana da Agricultura mostrando todo o trabalho que está sendo feito desde o processo de capacitação, assistência técnica, ações de infraestrutura, crédito dentre muitas outras atividades desenvolvidas pela Secretaria de Desenvolvimento da Agropecuária e Pesca da Paraíba foi a tônica de ampla entrevista concedida pelo secretário da pasta, Marenilson Batista da Silva e trabalhada durante o Programa Domingo Rural do último domingo(05/08) e Programa Universo Rural da quarta-feira, dia 01 de agosto.

Ao dialogar com os ouvintes das emissoras parceiras, Batista falou sobre o conjunto das ações expostas durante a 2ª Semana da Agricultura da Paraíba que aconteceu de 23 a 31 de julho numa ação promovida pela Secretaria do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca e que realizou eventos em cidades diversas de microrregiões do estado. “Nós começamos no dia 23 em João Pessoa realizando de 23 a 25 o salão da agricultura no Espaço Cultural, ou seja, botando a agricultura no mapa dos grandes eventos do estado e num lugar nobre que é o Espaço Cultural e culminando com a liberação de recursos para os arranjos produtivos a exemplo de Puxinanã com a mandioca, a exemplo do projeto de flores de Areia, das bordadeiras de Alagoa Nova e também emitimos a primeira nota fiscal eletrônica do produtor”, inicia Batista ao dialogar com os ouvintes das emissoras parceiras via programas rurais.

Durante amplo espaço, aquele secretário falou de ações que vêm sendo trabalhadas pela pasta e os órgãos do governo que trabalham pesquisas e extensão, dentre outras, com ênfase nas ações de fortalecimento da pecuária diante da seca que vem assolando a Paraíba. “Lançamos neste último dia 31 o programa de alimentação animal com mais de 19 mil toneladas de ração sendo disponibilizadas para os agricultores, são cerca de R$ 7 milhões de reais destinados para essa ação e, também, fechando essa semana aqui em Campina Grande participando dessa homenagem que a Emater faz com muita competência e muito merecimento para os agricultores nesse dia do agricultor”, explica aquele secretário fazendo um balanço amplo sobre ações trabalhadas pelo governo.

Ele também falou sobre as mudanças e adequações para o processo de fortalecimento do Programa do Leite da Paraíba que está enfrentando dificuldades em razão da seca, Cochonilha do Carmim e quebra na produção em consequenica da falta de suporte forrageiro além de atrasos recentes no repasse do pagamento do leite aos produtores o que vem gerando dificuldades para os produtores continuarem abastecendo o programa. “Nós queremos que os problemas sejam aflorados, nós queremos tirar toda a poeira e problema de debaixo do tapete e fazer o enfrentamento do jeito que nós estamos fazendo a exemplo do que nós fizemos com o Garantia Safra em que pagamos todos os aportes em dia, batemos recordes de inscrição com 86. 633 inscrições, a maior de toda a história da Paraíba e já pagamos a quatro municípios no mês passado, agora serão 32 municípios que receberão esse ano, o governo do estado fez o aporte com mais de R$ 3 milhões de reais garantindo que essa ação aconteça”, explica Batista acrescentando que o governo está fazendo grande investimento no processo de multiplicação de palmas resistentes a Cochonilha do Carmim. “Nós temos hoje mais de R$ 3 milhões que serão destinados à compra de palma forrageira, já estamos na fase de compras, iremos ter a distribuição para os agricultores e, através do Gabinete da Palma e várias parceiras da Articulação do Semiárido, do Insa, da UEPB e dos sindicatos, nós faremos 83 campos de multiplicação de forma adubada e irrigada pra garantir a multiplicação rápida, e nós queremos, se Deus Quiser, quando chegar o final de 2013 a gente já ter praticamente essa Paraíba toda coberta com semente resistente de palma resistente”.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top