Territórios da Cidadania será lançado na Zona da Mata Sul nesta quinta-feira(06)

O lançamento do Programa Territórios da Cidadania no Território da Zona da Mata Sul (PB) acontecerá nesta quinta-feira(06), às 9h, no auditório do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), em João Pessoa, cidade-pólo do território. Durante dois dias, representantes do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), de órgãos federais, estaduais e municipais, Organizações Não Governamentais (ONGs), movimentos sociais do campo, assentados, agricultores familiares, quilombolas e pescadores irão debater o Plano Territorial e o calendário de implementação das ações previstas pelo Programa Territórios da Cidadania.

Segundo a assessora do MDA na Paraíba, Gicarla Santos, o Programa, lançado oficialmente em fevereiro pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, destinará em 2008 cerca de R$ 11,3 bilhões para 60 territórios selecionados pelo Governo Federal e na Paraíba, os investimentos somam R$ 563,9 milhões, que serão destinados aos territórios da Borborema, da Zona da Mata Norte e da Zona da Mata Sul. “Deste montante, serão investidos na Zona da Mata Sul aproximadamente R$ 198,1 milhões em 50 ações de desenvolvimento sustentável da produção, direitos e desenvolvimento social, saúde, saneamento e acesso à água, educação e cultura, infra-estrutura, apoio à gestão territorial e ações fundiárias”, informa Gicarla.

O Território da Cidadania da Zona da Mata Sul (PB), informou Gicarla, com 1.877,90 quilômetros quadrados, é formado pelos municípios de João Pessoa, Alhandra, Bayeux, Caaporã, Caldas Brandão, Conde, Itabaiana, Juripiranga, Pedras de Fogo, Pilar, Pitimbu, São José dos Ramos e São Miguel de Taipu.

O Territórios da Cidadania contempla 135 ações de 15 ministérios, com seis mil obras previstas. Nesta etapa, serão atendidos territórios com menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), que concentram agricultores familiares e assentamentos, beneficiários do Bolsa Família, populações quilombolas e indígenas.

Fonte : Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top