UFPB e parceiras continuam ações em Formação de Agentes de Desenvolvimento Rural Sustentável

A Universidade Federal da Paraíba, Campus Bananeiras, através do CCHSA, continua desenvolvendo o Projeto de Formação de Agentes de Desenvolvimento Rural Sustentável , projeto apoiado pelo MCT/CNPq/CT-AGRONEGÓCIO/MDA através do Programa Intervivência Universitária e que tem como objetivo capacitar jovens agricultores e agricultoras filhos de agricultores para que possam contribuir com o desenvolvimento rural sustentável com ações em suas próprias comunidades e assentamentos, propiciando novos conhecimentos e apropriação de tecnologias que respeitem o meio ambiente e contribuam para a inclusão social.

Segundo informações da representante daquela casa de ensino, Ana Maria Trindade de Souza Vieira, as atividades desse projeto iniciaram desde fevereiro de 2009 com uma turma de 25 jovens oriundos dos municípios de Algodão de Jandaíra, Arara, Casserengue, Solânea, Remígio e o Território da Zona da Mata. “Neste ano de 2010 o projeto retoma suas atividades com uma nova turma de jovens, desta vez oriundos de municípios do Cariri e do Sertão paraibano”, relata aquela representação, acrescentando que em março acontece o período de inscrição e seleção dos jovens agricultores e agricultoras e no mês de abril será iniciado o Módulo I do curso de formação onde os jovens passarão pelo primeiro momento de intervivência na Universidade.

Souza Vieira informou ainda que durante essa intervivência os educandos e educandas têm a oportunidade de passarem por uma formação subsidiada pelos princípios agroecológicos de 116 horas aulas. “A fase seguinte a esse módulo são as visitas de acompanhamento que a equipe do projeto está realizará em cada localidade dos educandos(as) para monitorar os encaminhamentos práticos tirados durante o curso e principalmente para a construção e implantação de projetos participativos junto às comunidades/assentamentos. A idéia principal é que os estudantes contribuam com ações concretas para o desenvolvimento sustentável a partir da implantação de áreas de produção que não ocasionem degradação ambiental”, explica.

Ela informou ainda que a próxima etapa dessa formação será o Módulo II, que acontecerá na Estação Experimental da UFPB no município de São João do Cariri-PB,onde os educandos (as) voltam e dão continuidade as atividades de formação, que esse módulo está previsto para o mês de agosto de 2010 e que após essa segunda etapa os jovens voltam definitivamente para suas comunidades e dão continuidade as atividades dos projetos construídos por eles em parceria com as pessoas de suas comunidades, garantindo desta forma a disseminação dos conhecimentos adquiridos durante todo o processo de formação, através do seu papel de agente multiplicador do desenvolvimento rural sustentável.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top