Violência no campo gera êxodo rural e eleva preço de alugueis em Massaranduba

Trabalhadores rurais de Massaranduba denunciam que estão tendo que se mudar da zona rural, em conseqüência da ação de bandidos que invadem casas, assaltam, e quando a família não tem dinheiro eles levam até alimentos, ou matam como ocorreu no sítio chupadouro, onde um agricultor perdeu a vida. A informação é do deputado estadual Frei Anastácio (PT), que participou de reunião com trabalhadores, no último dia 19, em Massaranduba,onde foram feitas as denúncias. “A situação é tão preocupante, que muitas famílias estão indo morar na cidade. Como a procura por casa é grande, até o preço dos aluguéis subiu”, destaca o deputado.

O tema foi evidenciado no Programa Domingo Rural da Rádio Serrana de Araruna em conexão com as emissoras parceiras, a partir de informações repassadas pela assessoria daquele parlamentar, justificando que a reunião teve participação de agricultores e agricultoras de diversas comunidades daquele município, da direção do Sindicato de Trabalhadores Rurais, representantes do PT e associações rurais dos Sítios Chupadouro, Várzea Grande, Tigre, Aningas, Gameleiras, Miguel II e Cachoeira de Pedra D’água.

“Frei Anastácio afirma que a situação de pânico instalada entre as famílias é tão grande, que muitos agricultores estão abandonando a zona rural e indo morar na cidade”, explica aquela assessoria justiçando que o parlamentar explicou que para se ter uma idéia, a procura por casas é tão grande que o preço dos alugueis, em Massaranduba, está inflacionado e que os trabalhadores também informaram que, depois da sessão itinerante que realizamos em Campina Grande, para discutir a violência no campo, quatro viaturas da PM passaram fazer rondas na cidade. “O parlamentar afirma que a situação de insegurança em Massaranduba, é um retrato do que ocorre nos outros municípios do estado. Segundo ele, as reclamações são feitas em todas as regiões”.

A situação do licenciamento das motocicletas que estão em atraso foi outro tema preocupante em pauta na reunião já que as apreensões estão inviabilizando a rotina das comunidades e uma das alternativas apontadas é tornar lei um projeto de autoria do parlamentar que concede desconto de 50% no pagamento do IPVA, para trabalhadores rurais donos de motos.

A péssima situação das Rodovias PB-095 da BR-230 que dão acesso a Serra Redonda, Massaranduba, Campina Grande, a grande deficiência no processo de armazenamento de água dentre outros temas e as ações para soluções foram a tônica do evento realizado.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top