Agente BNB evidencia políticas de crédito do Fundo de Financiamento do Nordeste via Domingo Rural

Falar sobre as ações do Banco do Nordeste através do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste(FNE) foi meta alcançada pelo agente do BNB, agência Campina Grande, José Vicente de Melo, discorrendo sobre a diversidade de atividades que estão e ou podem ser apoiadas pelas famílias empreendedoras em todo o Nordeste.

Vicente foi entrevistado no Programa Domingo Rural em amplo diálogo direto com nosso público ouvinte em toda a região semiárida e garantiu que ações estratégicas estão sedo empreendidas pelos agentes e entidades parceiras para fazer com que a economia nordestina seja soerguida neste momento de superação da Covid-19. “O Banco do Nordeste tem exercido um papel muito importante nesses momentos de crise que nós estamos passando desde que se instalou o processo de isolamento social da pandemia por conta do Covid-19, e você sabe que as atividades econômicas sofreram um impacto negativo muito grande, sofreram uma retração enorme por conta do isolamento social, aí entra o papel importante do Banco do Nordeste enquanto banco de desenvolvimento que tem compromisso com o setor produtivo da região nordeste, sobretudo do setor agropecuário, daí nossas linhas de financiamentos estão colocadas à disposição dos nossos produtores, dos nossos empresários, das nossas atividades do setor informal e todos os segmentos produtivos da região Nordeste e, dentre as diversas linhas de financiamento que o banco dispõe hoje, o carro chefe do Banco do Nordeste eu diria que é o FNE que disponibiliza recursos para investimentos na produção do setor agropecuário, sobretudo na bovinocultura de leite que é uma atividade hoje importante que gera trabalho e gera renda, e enfim o banco tem apoiado também a questão do custeio pecuário, custeio agrícola como forma de fazer com que a rota da economia continue rodando e que a gente continue levando adiante a nossa missão de fomentar o desenvolvimento através do suprimento de recursos financeiros para os nossos empresários e nossos produtores”, explica aquele agente em contato direto com nosso público ouvinte.

Zé Vicente justificou que as ações estão para empreendedores e empreendedoras em todos os estados no Nordeste brasileiro além do norte do Espírito Santo e Minas Gerais e enfatizou a importância de nossa comunicação rural na contribuição para o desenvolvimento da economia e social da região. “Na verdade, Tavares, o seu programa hoje tem uma abrangência regional também, o programa ultrapassa as fronteiras do estado da Paraíba e entra fortemente em Pernambuco, no Rio Grande do Norte, no Ceará e você sabe que, com o advento da internet, quem lida com comunicação sabe que ele não fala mais pra uma cidade, pra uma microrregião, ele fala para o mundo”, explica aquela liderança pontuando ações do crédito BNB/FNE. “Em se tratando da questão do banco em si, é como você bem frisou, o banco não é uma empresa que atua estritamente na Paraíba, no Rio Grande do Norte e Pernambuco, ele está na região nordeste como um todo e além da região nordeste ele abrange também o norte de Minas Gerais pegando o Vale do Jequitinhonha que é uma região muito parecida com as características de semiárido da nossa região nordeste e também o norte do Espírito Santo”, explica evidenciando o raio de abrangência da instituição.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Faça um comentário

Todos os campos obrigatórios são marcados como (requerida). Seu Endereço de e-mail não será publicado

Voltar para o topo