Agricultores de Barra de Santana vão às urnas e elegem direção sindical para mais 4 anos

Centenas de agricultores familiares e trabalhadores rurais do município de Barra de Santana foram às urnas no último domingo(19) para eleger por mais quatro anos a direção do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Barra de Santana, Cariri Oriental paraibano.

O processo de votação teve início às 08 horas da manhã, se desenvolveu até às 16 horas e contou com participação de 68% dos 369 associados aptos ao voto em uma composição em chapa única com o propósito de dar continuidade ao trabalho que já vem sendo desenvolvido dentro do município e em sintonia com a discussão territorial.

Da comissão da eleição participaram representações dos sindicatos dos trabalhadores de Queimadas, Gado Bravo, Riacho de Santo Antônio, do Polo Sindical da Borborema além de componentes da direção da Fetag, Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Paraíba que acompanharam o processo de votação e contagem do votos.
Maria de Fátima Elias Teixeira é diretora de mobilização política da Fetag, participou do evento e disse ter sido um trabalho dentro da normalidade com participação popular, dando condições de continuidade das ações diretivas e garante que a federação está presente em todas as eleições dos 212 sindicatos filiados em todo o estado da Paraíba. “Estamos presentes em todos os pleitos, neste final de semana mesmo nós tivemos no dia 18 eleições em Coremas onde um colega da gente, José Agnaldo, esteve presente. Hoje está acontecendo eleições em três municípios: aqui em Barra de Santana, em Boa Ventura e em Vista Serrana e a gente tem a equipe que faz as eleições onde a gente se desdobra e pode cobrir, inclusive, três eleições ao mesmo tempo, vai depender da solicitação do sindicato, no dia que o sindicato queira fazer a eleição a Fetag está à disposição e vai para a base coordenar o processo, pois isso é uma prerrogativa estatutária, então a federação está cumprindo com essa atribuição que é dela, com a equipe formada que é a comissão eleitoral da Fetag”.
Presidente daquele sindicato, Paulo Medeiros Barreto disse que tudo correu dentro da normalidade com um público atencioso pelo chamado feito pela composição da chapa e garante que 68% de participação foi importante já que acidade durante todo aquele domingo realizou amplas e diversificadas atividades festivas em comemoração da emancipação da cidade o que fez com que houvesse uma certa confusão na cabeça das pessoas entre as festividades de rua e a realização da eleição. “Superamos expectativa e fizemos acontecer tudo dentro da normalidade, porque nós tivemos aqui um empecilho já que para a chegada desse povo até aqui tivemos muitas atividades que mudam a nossa atenção já que o pessoal teve uma interpretação diferente, porque no mesmo horário estava havendo outras atividades da prefeitura na cidade, tivemos a abertura da feira livre, abertura da feira de gado, a inovação do mercado, de um colégio e de alguns prédios públicos que tiveram inauguração hoje e a comemoração dos 21 anos da cidade”, explica dizendo que atingir a cota de votantes, diante de tantas ocorrências, só foi possível em razão da credibilidade da entidade sindical junto ao público rural de Barra de Santana.
Márcio Luiz de Oliveira Silva é diretor presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Alcantil e diretor de mobilização política da Fetag, participou do pleito e falou sobre a lisura do processo dizendo que a federação está presente nas atividades em todo o estado objetivando fortalecer o movimento sindical em toda a Paraíba. “Faço uma avaliação positiva neste domingo com uma eleição com chapa única que é complicado o pessoal vir votar porque o pessoal acha que não teria obrigação de votar por ser chapa única e a composição já está eleita, mas não, tem um quórum que tem que ser cumprido, por isso que a federação sempre acompanha e a documentação vai para o Ministério do Trabalho e Emprego para poder ser atualizado e o sindicato manter os direitos dos trabalhadores em nível de representação estadual, federal e local e votou bastante pessoas aqui já que é difícil num dia de domingo as pessoas saírem de casa pra votar numa eleição sindical”, explica Márcio ao dialogar com Stúdio Rural.

Já o vice-presidente candidato eleito, Paulo Barreto Júnior, disse ver como pleito positivo já que mesmo diante das diversas atividades acontecidas na cidade os associados e associadas foram e participaram da votação acontecida. “Essa presença é fruto e reflexo de nosso trabalho, na minha opinião nós fizemos um belo trabalho aqui no sindicato, divulgamos a eleição de forma ampla e em todos os lugares e, graças à Deus, tivemos um bom resultado”.
Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top