Agropecuária de Caraúbas e São Domingos intensificam confecção de silagem e fenação

Os municípios Caraúbas e São Domingos, no Cariri Oriental, estão desenvolvendo um trabalho de fortalecimento da agricultura familiar a partir de ações voltadas para a pecuária caprina que tem potencial para produção de carne e leite que se somam para o processo da geração de renda e da segurança alimentar das famílias agricultoras.

Domingo Rural entrevistou o agricultor familiar Diógenes Fernandes do Nascimento, de São Domingos do Cariri; e Moisés Marcos Brito, de Caraúbas; que falam sobre um conjunto de ações que vêm sendo desenvolvidas em parceria com órgãos do Governo do Estado através das ações do Fórum Territorial Sustentável do Cariri Oriental paraibano.

“A gente recebeu importantes equipamentos durante a gestão de Ricardo Coutinho assim como recebemos na gestão de João Azevedo, hoje temos um trator que faz silagem e é um trator muito bom, recebemos ensiladeiras que são acopladas ao trator que é bem prático e o pessoal está utilizando muito para armazenamento para os períodos mais secos; hoje temos diversas áreas de forragens feitas com o Procase com cinco ou seis campos de multiplicação  palmas resistentes com irrigação e caixa d’água, o município hoje está bem servido”, explica Moisés Brito ao dialogar com nosso público ouvinte Domingo Rural.

“Com a vinda do projeto Procase, quem vem desde o governo Ricardo e adentrou o governo João, todos os municípios via várias instituições da sociedade civil nas regiões adquiriram equipamentos para o fortalecimento da cadeia produtiva da caprinocultura ou em geral da pecuária. Veja só, a gente está agora num momento de fartura de ração, mas essa ração precisa ser beneficiada ou guardada em silos, no momento o que está acontecendo é que a gente tem tentado fazer aqui a aproveitamento das jitiranas, das gramíneas a partir do feno, já aqueles que tem a palhada do milho estão fazendo a silagem e trouxe muitos benefícios esses equipamentos para os agricultores e as instituições porque nós, principalmente dessa região Cariri Oriental, não tínhamos muito essa cultura de armazenar ração, chegava um período como esse de inverno, com tanta fartura, e isso perdia como matéria seca para o solo”, explica Diógenes em contato direto com nosso público ouvinte. 

Aquelas lideranças garantem que as políticas governamentais, via territórios, têm feito a diferença na vida dos municípios e seus empreendedores rurais através de intercâmbios, trocas de experiências, oficinas, formações que se somam ao conjunto de equipamentos agrícolas conquistados ao longo de quase duas décadas de organização social via entidades.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Faça um comentário

Todos os campos obrigatórios são marcados como (requerida). Seu Endereço de e-mail não será publicado

Voltar para o topo