Algodão buscará merecido espaço na Internacional de Orgânicos de São Paulo: diz pesquisador da Embrapa

O algodão nas novas dinâmicas de produção vem num processo crescente de evolução sustentável, ampliando suas áreas produtivas integradas na diversidade da agricultura familiar, contribuindo para o crescimento econômico e melhor qualidade de vida das famílias agricultoras em diversas comunidades rurais de todo o nosso semiárido brasileiro.

A opinião é do pesquisador da Embrapa Algodão, Marenilson Batista, ao comentar sobre a participação das representações do projeto produtivo na Paraíba e Rio Grande do Norte que estarão apresentando resultados de pesquisas, produção, produtividade e a adoção das tecnologias por parte das famílias agricultoras em diversas microrregiões do semiárido brasileiro. “Vamos estar participando dessa importante Feira, a Bio Fair Brazil( Clique e veja ), a feira de orgânicos do Brasil e da América Latina que vai acontecer no Anhembi, em São Paulo, e nós vamos ter a oportunidade de, neste período, ter uma estande falando do algodão orgânico, o algodão agroecológico da Paraíba e do Rio Grande do Norte. Também no dia dez, juntamente com o Sebrae-RN e com o Instituto Riachuelo, que é o braço social do Grupo Riachuelo, iremos falar e expor todo o trabalho que está sendo feito no Rio Grande do Norte no resgate do algodão na região do Seridó e também as experiências que a Paraíba já tem na questão do algodão”, explica acrescentando que internacional representa um marco importante por ser uma oportunidade de mais pessoas, empresas e entidades poderem conhecer as experiências que estão sendo trabalhadas e intensificadas no semiárido brasileiro.

Ele enfatizou que a América Latina perceberá tratar-se de uma cultura que está de volta, não mais de forma isolada já que a natureza das novas possibilidades produtivas está condicionada aos cultivos de culturas alimentares das famílias e dos animais, proporcionando segurança alimentar e renda complementar para as famílias empreendedoras.  “Mostraremos trata-se de projetos que são possíveis com parcerias, via arranjos produtivos, através de entidades locais como prefeituras municipais a exemplo das prefeituras de Acari, Carnaúba, Cruzeta, Jardim do Seridó, São José do Seridó e Caicó juntamente com Sebrae-RN, Embrapa e o financiamento do Instituto Riachuelo que busca transformação na vida das pessoas com o processo da geração de renda e apostam no sistema de produção capaz de gerar sustentabilidade, não só para o algodão, mas para o conjunto das culturas que estão postas em uma região de um povo acolhedor”, explica.

A Bio Brazil Fair tida como importante espaço de produtos orgânicos numa dinâmica internacional com, em especial produtos e mercados da América Latina com sua Feira Internacional de Produtos Orgânicos e Agroecologia acontecerá de 08 a 11 de junho próximo, no Anhembi-SP,  e é destinada a lojistas e profissionais do setor, dentre outras .

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top