Audiência Pública em Brasília anima produtores de cana do Nordeste

“Foi um encontro bastante positivo e que nos deixou esperançosos com relação à regulamentação do setor na cadeia produtiva da cana-de-açúcar, devido aos posicionamentos dos discursos dos parlamentares presentes”. Essa afirmação foi feita na última quinta-feira (11), pelo presidente da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), Raimundo Nonato Siqueira, e reflete a tônica da audiência pública realizada na tarde da última terça-feira, na Câmara dos Deputados, em Brasília onde cerca de 80 pessoas, entre parlamentares e dirigentes do segmento de produção de cana de vários Estados da Federação participaram do encontro, cuja propositura foi do deputado federal Moacir Micheletto (PMDB-PR).Segundo a assessora Asplan, News Comunicação, outro ponto favorável destacado por Nonato foi a representatividade dos parlamentares paraibanos que deu ainda mais força ao encontro, argumentando que as lideranças paraibanas ficaram satisfeitos de ver que a problemática está sendo apreciada pelos parlamentares federais e que vários deputados paraibanos lhes apóiam nessa luta, exemplificando Efraim Filho (DEM-PB), que fez um pronunciamento bastante favorável sobre o assunto em pauta, seguido de Rômulo Gouveia (PSDB-PB), Wilson Braga (PB), Armando Abílio (PTB-PB) e Vital do Rêgo Filho (PMDB-PB) que se fizeram presentes no encontro.News informou que a regulamentação do setor sucroalcooleiro, tem como objetivo garantir o abastecimento e uma remuneração mais justa para a classe produtora, acrescentando que depois dessa audiência, agora os representantes do setor produtivo da cana-de-açúcar aguardam que essa discussão, que saiu da esfera estadual, tenha algum encaminhamento breve por parte dos parlamentares federais ao Executivo Nacional, pois na visão deles, a atuação do Governo Federal seria essencial na implantação de estoques reguladores, como medida de segurança contra uma eventual escassez da oferta do etanol, e na determinação de cotas mínimas para a fabricação de álcool e açúcar por parte das indústrias.Além do presidente da Asplan, participaram da audiência pública, os dirigentes da Federação dos Plantadores de Cana do Brasil (Feplana), Antônio Celso, e da Cooperativa dos Plantadores de Cana da Paraíba, Murilo Paraíso, além dos presidentes de várias demais associações do setor canavieiro do país e do deputado Jorginho Maluly (DEM-SP), que também é presidente da Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados.Fonte : Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top