Avicultores discutem potencial da criação de galinha alternativa na Paraíba

Criadores de galinhas caipira do Estado da Paraíba se reuniram na último sexta-feira(01/06)), em Lagoa Seca, para discutir essa nova modalidade de criação de aves trabalhada num sistema semi-intensivo que vem em pleno crescimento, especialmente na região da Borborema, com ênfase no município de São Sebastião de Lagoa de Roça.

O evento foi uma promoção do Sebrae, contou com a participação de criadores, representações de associações de criadores do gênero, técnicos da Emater, representações do Banco do Nordeste, Banco do Brasil dentre outros que discutiram técnicas e práticas para o fortalecimento da atividade que vem crescendo no número de aves, de criadores e na busca dos mercados.

Andréa Luciane Xavier de Menezes é agente de desenvolvimento integrado do Sebrae no Território da Borborema, foi nossa entrevistada e disse que o evento teve o objetivo de alinhar informações e conhecimentos, fazendo com que a informação chegue na base do setor produtivo fortalecendo e integrando o trabalho que já se faz. “Hoje nós atendemos a doze associações e uma cooperativa, eles são assistidos através de consultorias técnicas e a medida que chega a necessidade que nos chega de cada associação dessas a gente faz uma reunião itinerante com esses avicultores, mensalmente a gente tem essa reunião com a associação onde todos os associados da entidade e os associados das demais associações que se dispuserem a ir, estão presentes, e aí a gente debate sobre o que a gente precisa pra estar indicando para incrementar pra poder abastecer em cursos, de missões, agora mesmo a gente sente a necessidade de uma missão onde a gente está tentando buscar aí um caso de sucesso porque através dessa agroindústria agora a gente sabe que eles precisam andar, mas com as idéias mais claras a partir da gestão melhorada”, explica ao dialogar com os ouvintes do Programa Domingo Rural neste domingo(03/06).

José Sales Alves Wanderley Júnior é coordenador da Emater Campina Grande e, ao dialogar com Stúdio Rural explicou a avicultura alternativa(caipira) já se consolida como uma atividade rentável no espaço da agricultura familiar enquanto criação de animais de pequeno porte e diz que a Emater tem importante papel exercido e a exercer no processo de implementação dessa nova atividade no meio rural. “A Emater entra transversal em todo o processo, desde o manejo a comercialização até mesmo na questão do crédito como por exemplo temos linhas destinadas ao investimento e custeio para essa criação de animais, temos também assessorado no manejo propriamente dito no que diz respeito a style=mso-spacerun: yes>  formação de ração e implantação de galpões e no cenário bem mais importante nos dias de hoje que é o escoamento no que diz respeito a comercialização tendo em vista que um dos principais canais que estão sendo utilizados são os programas governamentais a exemplo do PNAE e do próprio PAA que são programas governamentais que têm absorvido a maior parte desse produto”, explica Júnior Sales ao dialogar com nossa equipe.

Josué Vitorino da Silva é técnico extensionista da Emater na região da Borborema e, ao dialogar com a equipe Stúdio Rural, falou sobre o trabalho que a extensão tem exercido junto aos produtores no território Borborema e aproveitou pra falar em que consiste a modalidade de criação de galinhas caipiras. “O sistema industrial de criação, como se diz, o intensivo ele tem um modo diferente de criação, o nosso sistema, nossa caipira, nossa galinha alternativa ela é criada num sistema semi-intensivo, ela recebe uma pequena quantidade de ração durante o período da manhã e o restante do dia ela se alimenta com pastagem e outros tipos de alimento como resto de culturas, resto de alimento caseiro e etc.”, explica aquele extensionista.

Segundo informações repassadas pelo Sebrae, cerca de 114 toneladas de aves em sistema alternativo são produzidas anualmente na Paraíba o que coloca o Estado no primeiro lugar no ranking nordestino de produção de frango de corte e postura.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top