Centro da UEPB realiza seminário sobre novas tecnologias para agroecologia

O Centro de Ciências Agrárias e Ambientais da UEPB em parceria com a UFCG e UFPB realizam o Seminário Novas Tecnologias para a Agroecologia na Escola Agrícola Assis Chateaubriand de Lagoa Seca na última segunda-feira(19).

O evento teve o objetivo de articular parcerias entre as universidades para a reflexão sobre o desenvolvimento local com enfoque agroecológico, sistematizar as experiências com a difusão das metodologias e dos resultados dos processos em cursos, construir referência no meio estudantil para estimular o debate sobre a sustentabilidade e enfoque agroecológico na academia dentre outros.

Para o professor daquela casa, Francisco José Loureiro Marinho, o encontro serviu para fortalecer a integração entre as atividades daquele curso de agroecologia com a UFCG, UEPB, ONGs dentre outras na busca de fortalecer o processo de educação focado no processo sustentável. “A gente tem buscado cada vez mais esse tipo de integração em termos de técnicos, mas também junto com os agricultores”.

Para a estudante de agroecologia, Jéssica Karina Pachu, o evento só veio somar com as ações que já são trabalhados naquela casa de ensino num processo de sustentabilidade dentro de uma proposta para que se trabalhe a produção rural sem causar impactos negativos ao meio ambiente provocado pelos modelos tradicionais de fazer agricultura.

Antônio Antunes Vilela, é estudante de mestrado na UFCG, participou do evento falando sobre a cultura da erva-sal e a maniçoba em razão de sua utilidade e resistência para ser desenvolvidas na agropecuária regional a partir de água residuária. “Eu particularmente trabalhei com um projeto na produção nas instalações da UFCG no departamento de engenharia agrícola reproduzindo erva-sal e maniçoba com o uso de água residuária proveniente do afluente da estação do Monte Santo”.

O professor da UFCG disse ser um desafio para os alunos de mestrado e doutorado da UFCG na disciplina de agroecologia e recursos naturais da UFCG quando então construíram a possibilidade desse treinamento com os alunos de graduação em agroecologia da UEPB numa primeira versa que ele acredita que irá desencadear em um trabalho futuro com famílias agricultoras compartilhando experiências e vivências através de oficinas dentre outras formas de gerar conhecimentos.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top