Coapecal compartilha conhecimentos tecnológicos com cooperativistas de estados nordestinos

SR231115aA Coapecal, Cooperativa Agropecuária do Cariri, com sede em Caturité, Cariri Oriental paraibano, recepcionou representações de ONGs e cooperativas de leite e de avicultura de estados do Nordeste durante um intercâmbio nos dias 05 e 06 de novembro, na indústria de leite em Caturité e no escritório de distribuição da empresa em Campina Grande.

No primeiro dia as representações visitaram empreendimentos da agropecuária de criadores associados daquela cooperativa evidenciando o manejo da criação, a alimentação do rebanho com ênfase no plantio, colheita e armazenamento de forragem; também o processo da sanidade animal, ordenhas mecânicas e manuais além da estrutura da indústria de laticínio Coapecal do Leite Cariri. “Esse encontro é fruto da articulação da Agendha que é uma ONG que ganhou uma licitação do MDA para dar assistência às cooperativas da agricultura familiar, então essa ONG tem um número de cooperativas que ela acompanha em termos de gestão, de planejamento, de comercialização de produtos, de intercâmbios de conhecimentos e econômicos das cooperativas nos estados do Nordeste, então nós somos acompanhados por essa ONG Agendha Nutri, então a Agendha programou este intercâmbio e capacitação sobre sistemas de produção de gado leiteiro e de laticínio, ou seja, acompanha as cooperativas que trabalham com gado e a produção de leite além de visitar outras cooperativas que vêm desenvolvendo-se e enfrentando as dificuldades e bem sobrevivendo, então nós que estamos situados aqui neste Cariri e estamos sobrevivendo as duras penas, apesar das dificuldades a Agendha achou que deveria socializar a nossa experiência com as demais cooperativas do ramo que vivem nessa área do Nordeste unidas pra superar as dificuldades, então foi nesse sentido que se deu esse intercâmbio”, explica o presidente da Coapecal, Laudemiro Lopes de Figueiredo Lopes, Miro.

Stúdio Rural entrevistou o presidente da Coopal, Cooperativa dos Produtores Rurais de Luanda, zona rural de Serra Talhada-PE, Genival Bezerra de Lucena, ele participou do Programa Esperança no

Campo e Programa Domingo Rural do dia 07 e 08(sábado e domingo) falando sobre o conjunto das trocas de experiências e garante ter sido um acentuado aprendizado por tratar-se de uma empresa fincada em pleno Cariri paraibano que dar um exemplo de organização dos produtores na busca de melhorar sua produção e conquistar mercados em épocas diversas. “Foi uma experiência ótima, as vezes eu fico me perguntando se uma experiência dessa fosse lá no Sul do país onde chove todos os anos, e muito, não era tão significante não, agora aqui num sertão desse aqui você vê as pessoas produzirem leite, investir e produzir leite como se produz aqui nesta fazenda mais de 2 mil litros de leite por dia, gerando emprego e renda para as pessoas aqui do Sertão é gratificante demais”, explica aquela representação.

“Foi uma experiência super interessante, motivadores pra nós que fazemos a região do Trairi Potiguar. Diante das dificuldades que temos identificado aqui no Cariri olhando pra nossa região lá do Trairi, nós vemos que lá nós temos grandes chances de produzir muito mais, o que precisa mais é unidade, é o desejo de fazer acontecer e nós que fazemos a Coopercacho temos esse objetivo, o objetivo de estimular o nosso cooperado em levar essa experiência pra lá e fazer com que eles possam produzir mais e melhor já que o potencial nós temos”, explica o presidente da Cooperativa Agropecuária Cacho de Ouro, Coopercacho, Edigar Pereira da Silva, entidade que tem sede na cidade de Jacanã, região Trairi do Rio Grande do Norte.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Faça um comentário

Todos os campos obrigatórios são marcados como (requerida). Seu Endereço de e-mail não será publicado

Voltar para o topo