Congresso de apicultura é tema evidenciado no Programa Domingo e Universo Rural

A importância da apicultura e da meliponicultura na agricultura do semiárido brasileiro e importância do III Congresso Nordestino de Apicultura e Meliponicultura que aconteceu durante os dias 20, 21 e 22 de novembro, em Campina Grande, foram temas evidenciados no Programa Universo Rural e Domingo Rural detalhando temas trabalhados no evento que aconteceu numa parceria de diversas entidades dentre as quais a SEDAP, Secretaria de Desenvolvimento da Agropecuária e Pesca.

Entrevistado por nossa equipe, o extensionista da Emater-PB, Manoel Quintans Filho disse verdadeiro milagre o encontro de em plena seca consecutiva congregou mais de 700 agricultores e estudiosos interessados nos conhecimentos e tecnologias destinados a produção rural consorciada com esse modelo cultural. “Hoje nós temos que ter consciência que não adiante os órgãos públicos, sejam nesta ou em outras cadeias, trabalharem de forma isolada, nós temos que trabalhar de forma conjugada e como parceiros, hoje está muito presente a palavra parceria, agora não é só a parceria de uma forma formal, ela tem que ser uma parceria ampla, geral e irrestrita para que nós que trabalhamos para a comunidade, possamos obter sucessos”, comenta ao evidenciar a grande e diversidade de entidades no evento de Campina Grande.

Representando a Cooapil, Cooperativa dos Apicultura do Catolé do Rocha, Veridiano Vieira da Silva falou ao nosso público ouvinte falando sobre a importância do evento, classificando-o de excelente para a retomada da atividade que vem vitimado da seca de 2012 e 2013 e sobre a realidade da apicultura na região de Catolé do Rocha. “Catolé do Rocha é uma região que há muito tempo já despontou na apicultura, tem apicultora já num nível mais elevado e tivemos a oportunidade de sermos convidados pelo pessoal da Emater que já nos ajuda com assessoria e por esse motiva é que estamos aqui”, explica durante ampla entrevista concedida ao Stúdio Rural.

Joaquim Efigênio Leite é pesquisador da Emepa, componente da coordenação do evento e, ao falar com nossa equipe Stúdio Rural, falou sobre os temas trabalhados no evento e sobre as ações que serão trabalhadas ao longo do final deste ano na perspectiva da retomadas da criação de abelhas no início de 2014 quando estima-se a retomada das chuvas, das floradas e dos repovoamento das colmeias e aparecimento dos novos enxames em toda a região semiárida. “Foi trazido para aqui novidades em equipamentos, sistemas de produção de mel bem interessantes que a gente inclusive não conhecia, as discussões com relação a biologia das abelhas, as alternativas para a sobrevivência do apicultor com as suas abelhas no semiárido, então isso foi fantástico por até mesmo fazer com que botássemos aqui mais de 700 pessoas dentro do Garden durante três dias com os maiores nomes da apicultura do Brasil e do Nordeste”, explica Efigênio falando sobre os encaminhamentos trabalhados no evento e que serão colocados em prática no decorrer do final deste e início do ano 2014.

José Xavier Leal Neto é componente da Unamel, União Nordestina Apicultura e Meliponicultura e, ao participar do Universo Rural e Domingo Rural, trouxe importantes informações aos ouvintes das emissoras parceiras e garantiu que a realização do evento contribuirá para o soerguimento da criação de abelhas depois desses dois anos de grande seca registrada no semiárido brasileiro. “Evento extremamente positivo, estamos a frente desse trabalho desde 2009 quando o primeiro congresso aconteceu em Salvador-BA, 2011 em Teresina, no Piauí, e 2013 aqui em Campina Grande. Nós estamos coroando com a maturidade de nossa entidade Unamel mesmo num ano de extrema dificuldade para os pequenos produtores do semiárido conseguimos realizar essa grande oficina e esse grande encontro de parceiros e de apicultores, pra nos era um sonho que virou realidade e estamos felizes porque nós estamos construindo a história da apicultura do Nordeste”.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top