Cooperativa anuncia ações práticas de resgate da caprinovinocultura em assentamentos paraibanos

Com a meta de fortalecer e até mesmo resgatar a caprinovinocultura, a Cooperativa de Trabalho Múltiplo e Apoio às Organizações de Autopromoção (COONAP) anuncia para este ano um amplo trabalho com a caprinovinocultura nas áreas de assentamento do semiárido paraibano, explicando que dos 32 assentamentos acompanhados pela cooperativa, 16 estão localizados na região Borborema e serão beneficiados com o projeto que, através de parceria com a Emepa, pretende adquirir animais reprodutores de alta linhagem para melhorar a qualidade da raça existente, conforme explicou, através da assessoria daquela cooperativa, o médico veterinário, Hildebrando Ribeiro Neto, que acompanha os animais dos assentamentos.

Segundo a assessora de imprensa da cooperativa, Karina Araújo, também será realizado o melhoramento genético para a produção leiteira, que inclui a seleção das vacas, a vacinação e depois a inseminação, na perspectiva de dobrar a quantidade de leite produzida. style=mso-spacerun: yes>  “Além de desenvolver projetos, o médico veterinário realiza, de forma rotineira, vacinação contra febre aftosa, brucelose, crostridiose e raiva, exames de brucelose e tuberculose, além de cirurgias nos animais dos assentamentos acompanhados pela COONAP”, explica aquela assessora asseverando que durante a realização de campanhas de vacinação, as famílias são acompanhadas pelo médico veterinário e os técnicos de cada área além das doses de vacina contra a brucelose e a aplicação que são disponibilizadas pela COONAP, sem custo nenhum para os assentados.

Karina explicou que a cooperativa trabalha com empresas federais, estaduais e municipais e atualmente tem um contrato com o INCRA para assessoria e assistência técnica em assentamentos da reforma agrária e com algumas prefeituras para a realização de cursos profissionalizantes para jovens e adultos.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Universo Rural
Foto style=mso-spacerun: yes>  : Karina Araújo

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top