Cultura do umbu poderá ter elevada produção na safra 2020 no sudeste da Bahia

Conforme o agrônomo Dilermando Morais Fonseca, do município de Vitória Conquista, Sudeste da Bahia, o ano 2019 fechou com chuvas que se estendem no decorrer deste mês de janeiro de 2020 o que traz muita esperança para o meio rural daquela região baiana, especialmente para a cultura do umbu gigante que é muito trabalhada.  “A gente está feliz porque começou janeiro com chuva, algo que não vinha acontecendo já há vários anos, a gente tem uma anormalidade aqui de chuvas desde 2019/2010 quando foi a última vez que teve chuvas dentro da normalidade de nossa região, a partir daí foram variações que aconteceram ao longo do tempo e, por incrível que parece, janeiro sempre foi carente de chuva e esse ano 2020, apesar de não ter tido uma chuva constante de novembro e dezembro, mas janeiro começou com bastante chuva”, explica Dilermando Morais ao dialogar com o público ouvinte da Rádio Serrana de Araruna via Programa Domingo Rural. “Agora em nossa propriedade teve cinco chuvas, de 15 de novembro pra cá, que somou 200 milímetros, é um índice interessante”, explica dizendo que ainda foram chuvas bem localizadas.

Ele falou sobre o trabalho que vem sendo desenvolvido com a cultura do umbu gigante na região de Conquista no processo de introdução da cultura com a perspectiva de fortalecer a introdução de plantios em toda aquela região. “É uma cultura que está em franco progresso, uma luta que começamos esse umbu para um processo cultivado e com o tempo a gente ficou feliz em ver que o umbu tem se tornado em destaque, o plantio também tem sido cada vez maior onde a gente tem notícias de várias pessoas interessadas, a Epamig lançou uma revista específica para o umbuzeiro, tivemos esse encontro lá no Semiárido Show já pra discutir essa cadeia produtiva, ou seja, o umbu efetivamente hoje está presente no cenário”, explica ao dialogar com nosso público ouvinte no semiárido brasileiro. Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top