Delegada evidencia entrega de máquinas e faz balanço de ações do MDA 2013 na Paraíba

“2013 foi extremamente positivo, foi um ano onde nós tivemos uma relação direta com todos os municípios paraibanos, dialogamos com todas as representações dos trabalhadores, quer sindicatos, quer associações, quer conselhos municipais de desenvolvimento rural sustentável e marcamos a nossa presença enquanto Ministério do Desenvolvimento Agrário em todo o estado da Paraíba. Volta a dizer que as ações que caracterizaram o MDA em 2013 e que têm continuidade em 2014, representa a reafirmação, o compromisso da presidente Dilma para uma política de governo voltada ao fortalecimento da agricultura familiar no nosso estado, então nós podemos dizer que a grande força tarefa que nós realizamos e que deu visibilidade a nossa gestão foi a entrega das máquinas, nós hoje estamos por dizer assim, no início de 2014 universalizando a entrega a todos os municípios situados na região semiárida dos equipamentos do PAC2”.

A afirmativa é delegada federal do MDA na Paraíba, Gilcélia Araújo de Figueiredo(foto), ao dialogar com a equipe Stúdio Rural quando concede ampla entrevista fazendo balanço das atividades do Governo federal via MDA em 2013 e falando sobre a entrega de 238 máquinas que foram entregues à 195 municípios paraibanos na manhã da última sexta-feira (7/03), na Estação Ciência Cultura e Artes Cabo Branco, em João Pessoa.

Aquela delegada informou que a medida faz parte da segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC2), que nesta faz doação de 76 caminhões-pipa; 93 pás carregadeiras; 69 caminhões-caçamba universalizando, assim, as doações aos municípios paraibanos que decretaram estado de calamidade devido à estiagem e garante que o Governo Federal trabalhou de forma igualitária junto aos municípios sem distinguir cor partidária. “Esse é um grande diferencial, quando digo que nós dialogamos diretamente com os municípios é porque o PAC 2 que é o processo de doação de máquinas aos municípios é um processo que se dar diretamente com os municípios, os beneficiários foram 219 municípios. Todos os municípios que decretaram situação de emergência receberam esses maquinários numa relação direta entre o Ministério do Desenvolvimento Agrário e a gestão municipal sem qualquer intermediário, portanto em momento algum, esse benefício trabalho a questão cor partidária, aquele município ou se aquele prefeito é aliado do nosso projeto nacional, ou seja, do governo da presidente Dilma, não houve qualquer tipo de discriminação. O único critério foi o critério técnico que teve como princípio a decretação de estado de emergência pelo próprio município e também que aquele município prioritariamente estivesse localizado na região semiárida”, explica Gilcélia durante amplo contato exclusivo com os ouvintes da Rádio Serrana de Araruna AM 590 kHz, Rádio Bonsucesso de Pombal AM 1180 kHz e Rádio Queimadas FM 87.9 MHZ.

Outro ponto positivo para o acontecimento do PAC 2, segundo aquela autoridade, foi a existência dos Territórios de Desenvolvimento Rural Sustentável e da Cidadania e garante que a partir de então ficou mais fácil ser gestor municipal. “Esse programa de doação das máquinas vem ao encontro, ou seja, atenda a uma reivindicação histórica das gestões municipais porque nós que conhecemos de perto a realidade dos municípios paraibanos, principalmente os municípios de médio e pequenos porte em momento algum um gestor municipal teria condições de adquirir esses maquinários com recursos próprios”, explica dizendo ser um processo de doação sem nenhuma contrapartida financeira num investimento da ordem de R$ 1,6 milhões de reais investidos em um conjunto composto por uma retroescavadeira, uma patrol, uma pá carregadeira, um caminhão caçamba e um caminhão pipa.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top