Dia de Campo em Caturité evidencia cultura do sorgo como alternativa á pecuária

O Dia de Campo sobre manejo de silagem acontecido no município de Caturité evidenciou a cultura do sorgo em forma de silo como alternativa para o fortalecimento da pecuária na região e a forma de convivência com a realidade semi-árida, viabilizando a pecuária de leite e de corte em todas as épocas do ano.

Stúdio Rural acompanhou o evento que aconteceu nesta quinta-feira(17) na comunidade Campo de Emas, propriedade do agricultor e pecuarista Antônio Pereira, evento que contou com a participação da Embrapa Algodão e Transferência de Tecnologias, Delegacia Federal do Desenvolvimento Agrário paraibana, Emater, Fórum de Desenvolvimento Rural do Cariri dentre muitas lideranças e entidades de agricultores.

Na primeira parte o proprietário Antônio Pereira fez uma exposição prática do processo de colheita, beneficiamento e ensilamento da cultura com ação prática que contou com uma moto-enciladeira, trator e caminhão dentre outros equipamentos necessários ao trabalho com a cultura. Ao conversar com o público participante o agricultor pecuarista falou sobre a importância da prática de conservação da cultura em silos para ser utilizada em épocas de verão, mostrando que essa prática está, associada a outras, fazendo com que o município se torne o maior do estado no manejo de silagem e ao mesmo tempo a maior bacia leiteira do estado da Paraíba.

Ao discursar para os participantes do evento, o delegado do desenvolvimento agrário na Paraíba, Marenilson Batista, falou da importância das pesquisas da Embrapa nesta e em outras práticas e ao mesmo tempo evidenciou a política do governo federal em torno do Programa do Leite da Paraíba que, segundo ele, se constitui num dos importantes clientes da pecuária paraibana á medida em que compra diariamente, em parceria com o governo do estado, uma quantidade de 120 mil litros de leite e distribui nos programas sociais dos municípios paraibanos gerando ocupação e renda e ao mesmo tempo executando um programa de inclusão social.

Já o representante da Embrapa Transferência de Tecnologias, escritório de Campina Grande, falou sobre a importância do trabalho desenvolvido pela Embrapa em sintonia com as entidades de agricultores, citando como exemplo o trabalho que se faz em parceria com os territórios rurais e da cidadania do estado da Paraíba fazendo com que a pesquisa aconteça com a participação dos setores organizados da agricultura e pecuária brasileira.

O evento contou com a participação de agricultores pecuaristas das diversas cidades que circundam o município de Caturité.

Fonte : Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top