Diretor nacional e servidores do Incra-PB discutem estratégias para o desenvolvimento de projetos de assentamento

O diretor nacional de Desenvolvimento de Projetos de Assentamento do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), César José de Oliveira, apresentou, nesta quinta-feira, 20, ao superintendente regional, Frei Anastácio, e aos servidores da Superintendência do Incra na Paraíba, as novas estratégias do Instituto para favorecer o desenvolvimento de projetos de assentamento (PAs).

style=FONT-FAMILY: Roman?,?serif? New ?Times>A informação foi repassada pela assessora da entidade, Kaliandra Vaz, que César de Oliveira enfatizou que os PAs possuem um grande potencial dinamizador da economia dos municípios e regiões onde estão localizados e orientou os servidores quanto aos novos objetivos da Divisão de Desenvolvimento de Projetos de Assentamento do Incra, entre eles o aumento da produção de alimentos pelos assentados da Reforma Agrária. “O diretor explicou que entre as estratégias que serão adotadas para fortalecer a cadeia produtiva nos PAs estão a implantação de infra-estrutura, com a criação de estruturas para o armazenamento e escoamento da produção, a inserção dos assentados no conjunto dos direitos sociais universais (nas áreas de educação, saúde, arte e cultura, esporte e lazer), mudanças na concessão de créditos e o aperfeiçoamento de políticas agrícolas, a exemplo da assistência técnica, do crédito produtivo e do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA)”, justifica Vaz.

style=FONT-FAMILY: Roman?,?serif? New ?Times>De acordo com César de Oliveira, informou Kaliandra, o objetivo, além de incrementar a renda dos assentados e incorporar a dimensão da sustentabilidade ambiental nos PAs, é melhorar a eficiência operacional do Incra e a aplicação dos recursos públicos.

style=FONT-FAMILY: Roman?,?serif? New ?Times>Fonte : Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top