Encontro de mulheres universitárias revela número assustador de violência de gênero em Campus paraibanos

SR060516aRepresentações de entidades que discutem gênero promoveram uma reunião na última terça-feira, 03 de maio, na Universidade Estadual da Paraíba(UEPB-Campina Grande), com a meta de ouvir diversas mulheres vítimas de violência empreendidas, em sua maioria, por educadores e que vem chamando a atenção das entidades defensoras da causa.

A reunião aconteceu na tarde da terça-feira, na seda da organização Flor e Flor e contou com professoras de cursos diversos e alunas da diversas faculdades da Universidade Estadual da Paraíba(UEPB), Universidade Federal de Campina Grande(UFCG) e Universidade Federal da Paraíba Campus de Ciências Agrárias(UFPB/CCA), no município de Areia e que ouviram depoimentos de diversas alunas vítimas de profissionais dessas casas de educação.

Diversas organizações estiveram presentes ao evento a exemplo de entidades da ASA-PB, AS-PTA, Centrac e Polo Sindical da Borborema, Associação dos Professores da UEPB, Sindicato dos Servidores em educação das universidades, integrantes de coletivos feministas e movimento de mulheres e definiu a criação de uma Frente Contra o Assédio e a Violência de Gênero dentro das Universidades a partir de diversos encaminhamentos que prometem muito movimento no interior dessas casas de “educação, pesquisas e extensão”.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Faça um comentário

Todos os campos obrigatórios são marcados como (requerida). Seu Endereço de e-mail não será publicado

Voltar para o topo