Mulheres universitárias realizam mais uma reunião pra discutir violência sexual dentro e fora das salas de aulas

SR090516bCom a meta de prestar verdadeiro socorro solidário a mulheres vítimas de assédio sexuais e violências dentro e fora das salas de aulas, entidades que discutem gênero no Estado da Paraíba voltaram a se reunir como consequência de um trabalho já continuado por parte das instituições defensoras da causa que mais recentemente vêm diagnosticando um número crescente de queixas feitas por alunas, especialmente, de que vêm sofrendo violências sexuais, morais, patrimoniais dentro e fora dos centros universitários empreendidos por professores, visitantes e alunos, práticas que só vem sendo melhor identificadas graças ao diagnóstico feito por entidades do gênero a exemplo do Centro de Referência da Mulher Fátima Lopes, que acolhe mulheres de Campina Grande e região em busca de apoio na área da psicologia, área jurídica e assistência social.

Na última sexta-feira(06/05), as representações voltaram a se reunir na sala 340 da Central de Aulas da Universidade Estadual da Paraíba, com o objetivo de ampliar a construção da Frente Contra o Assédio e a Violência de Gênero dentro das Universidades e pensar estratégias de identificar e punir os agressores e ao mesmo tempo pensar ações e políticas públicas que possam transformar, pra melhorar, essa realidade já vivida no interior destas casas de ensino, pesquisas e extensão.

Uma agenda de discussões ficaram combinadas para a execução de trabalho que envolve mobilizações nos Centros Universitários a exemplo da Universidade Estadual da Paraíba, palestras que tratem a temáticas e suas alternativas e soluções e eventos ampliados com oficinas educativas para o processo de combate a cultura machista e a construção de uma nova cultura.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Faça um comentário

Todos os campos obrigatórios são marcados como (requerida). Seu Endereço de e-mail não será publicado

Voltar para o topo