Entidades lançam Programa de Documentação da Trabalhadora Rural em Serra Redonda

A cidade de Serra Redonda, Agreste paraibano, recebeu, neste sábado(19), o mutirão do Programa de Documentação da Trabalhadora Rural (PNDTR) com ações compartilhadas entre o governos federal e municipal e que trabalhou a prestação de serviço na emissão de documentos, corte de cabelos, vacinação, atendimento na área de saúde dentre outras.

O Programa é uma parceria do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), INCRA-PB e entidades locais, evento que aconteceu na Fundação Dom José Maria Pires, Comunidade do Isidoro, contando com a participação de servidores do Incra-PB, secretarias do município a exemplo de saúde, educação e agricultura, Delegacia Federal do Desenvolvimento Agrário dentre outras instituições.

Stúdio Rural compareceu onde entrevistou agricultores e lideranças da localidade e autoridades presentes.

O superintendente do Incra, Frei Anastácio, explicou que pelo fato de nos mutirões do PNDTR as trabalhadoras e trabalhadores rurais poderem, gratuitamente e em um só lugar, retirar documentos como certidão de nascimento, carteira de identidade, CPF, carteira de trabalho dentre diversas outras ações só vem facilitar a vida dessas contribuintes.

Para a prefeita da cidade, Verônica Andrade de Oliveira, o evento é de fundamental importância por aproximar as mulheres camponesas de ações nem existentes antes e que representam muito para a cidadania de cada agricultora. “Muitas mulheres não sua documentação necessária, muitas vezes precisam tirar um auxílio natalidade, precisam ir a um hospital e não têm esses documentos, as vezes até para se aposentarem elas sempre nos procuram na prefeitura e essa ação do governo federal é muito bom pra nós porque facilita mais a vida delas e pra nós lá da prefeitura”, justifica.

A secretária de saúde daquele município, Maria Rejane Regis Veríssimo, disse ser uma ação que representa muito para todo o município por ser espaço de afirmação da mulher camponesa e ao mesmo tempo permitiu a prestação de serviço em saúde dentre outras. “Além da gente trabalhar a cidadania a gente está trabalhando também as ações de saúde, a gente está com palestras em planejamento familiar, exames de mama, atendimento odontológico, pediatra e clínica geral”, salienta.

Ao conceder entrevista ao Stúdio Rural, o presidente da Associação dos Agricultores e Agricultoras da comunidade Isidoro, Josivaldo Souza Lira, disse que pela importância que o programa representa para o município, deve ser trabalhado por mais vezes já que, segundo ele, neste primeiro um número expressivo de pessoas foi atendido, mas que em outro momento outro número de pessoas pode fazer uso dos serviços.

Já o delegado federal do desenvolvimento, Marenilson Batista da Silva, disse ser uma ação que traz cidadania para todos, especialmente a mulher, acrescentando que a partir da próxima semana o Programa acontecerá em cidade da região Zona da Mata.

Fonte : Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top