Entrevistas em programas de Stúdio Rural evidenciam Projeto Mais Gestão na agricultura familiar paraibana

Três entrevistados participaram do Programa Domingo Rural e Programa Esperança no Campo do último final de semana objetivando explicar aos nossos ouvintes a importância do Projeto Ater Mais Gestão, coordenado pela Organização da Sociedade Civil Agendha, com recursos do Governo Federal.

Dos programas radiofônicos participaram a coordenadora do projeto, Edvalda Pereira Torres Lins Aroucha; componente da coordenação da Agendha, Maurício Lins Aroucha; e a presidenta da Copaf, Maria Nazaré Santos Barbosa que detalham as expectativas dentro da nova fase de capacitações e mobilizações a serem desenvolvidas junto a agricultura familiar por um período de dois anos.

“A gente começa a atividade falando do projeto desde 2009 a 2012, depois de 2012 a 2016 e passamos a falar sobre esse projeto atual que será desenvolvido nesse ano de 2019 e no ano de 2020, assim compartilhamos com as pessoas todas presentes”, explica Maurício dizendo que o trabalho já se inicia com a presença de entidades da agricultura familiar e agricultores e agricultoras incluídos no projeto, representantes de programas institucionais e de empresas interessadas na compra dos produtos da agroecologia dentre outras representações que terão as ações e capacitações continuadas.

“O Programa Ater Mais Gestão é um programa de assessoria técnica e extensão rural para as associações e cooperativas com o propósito maior de inserir essas organizações no processo de comercialização, tanto no mercado institucional, que são os mercados de compras públicas, quanto no mercado privado”, explica Edvalda Pereira Torres ao iniciar seu diálogo com nosso público ouvinte.  

“A avaliação é excelente, é algo que a gente já teve essa experiência em 2014 e 2015, já fizemos a primeira parte desse projeto do Mais Gestão e agora é a segunda parte que já deveria ter acontecido, mas estamos com dois anos de atraso, mas graças a deus chegou e chegou em tempo e a gente está muito feliz de poder retornar esse programa de ater que é no Brasil inteiro, e aqui na Paraíba nós da Copaf somos uma das cooperativas que vamos ser beneficiados e são 30 cooperativas e associações aqui na Paraíba em dois grupos. Doze cooperativas ficaram com a Emater que também vai prestar assistência técnica e dezoito ficam com a Agendha e nós fazemos parte desse grupo da Agendha”, explica Maria Nazaré Barbosa.

As dinâmicas e compromissos do Projeto foram socializadas junto a cooperativas e associações na região de Campina Grande, Patos e João Pessoa, são entidades que fizeram adesão e que durante os recentes encontros fizeram apresentação com degustação de seus produtos “in natura”, beneficiados ou processados e que serão disponibilizados para fornecimento junto aos diversos mercados e atender em tempo hábil a demanda.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Faça um comentário

Todos os campos obrigatórios são marcados como (requerida). Seu Endereço de e-mail não será publicado

Voltar para o topo