Escola em Distrito de Cabaceiras ganha premiação na qualidade do ensino

No Distrito Ribeira de Cabaceiras, Cariri Oriental paraibano, a sociedade está vivendo um clima de comemoração com importantes resultados alcançados pela Escola Estadual de Ensino Fundamental, Clóvis Pedrosa, naquela comunidade, ao alcançar resultados de destaque em dois projetos numa parceria da Secretaria de Educação do Estado com a Secretaria de Educação do Município, através do Concurso Sementes da Paraíba e no Programa Celso Furtado.

Conforme o professor da rede municipal e diretor daquela casa de educação, Carlos José Duarte Pereira, o concurso Sementes da Paraíba ficou com o 3⁰ lugar; na categoria Caule, o 9⁰ ano da professora de matemática Priscila Sousa com as alunas Ana Carolina, Ana Luiza, Naeley Ramos e Geovanna Sousa no projeto de matemática e meio ambiente: ECOUROSTORYS.

Pereira explicou que no desafio Celso Furtado, abordando a trilha 3, o destaque vem para a equipe Habilis professora Alda Luciara, o professor Orlando Almeida, alunos Kauê Meira, Débora Castro, Maria Júlia e Rebeca Ramos que teve como tema ‘Instituições eficazes’.   “O tema tinha como objetivo dialogar sobre projetos de reaproveitamento dos restos de  materiais utilizados nas oficinas e fábricas de artesanato de couro de Ribeira e adjacências, para torná-las mais eficazes na confecção de bijuterias e artefatos de couro, tornando o trabalho mais responsável e inclusivo em todos os níveis”, explica ao dialogar com Stúdio Rural evidenciando que a EEEFM Clóvis Pedrosa foi a segunda instituição representando a 3ª regional de ensino em Campina Grande e a  primeira no Cariri oriental no programa.

Duarte Pereira falou sobre o resultado dos dois prêmios com alegria e ressaltou que isso resulta do esforço coletivo da equipe que trabalha na escola e o apoio da comunidade e das instruções que apoiam a escola.

A coordenadora pedagógica, Silvia Sampaio, ressalta que tudo é fruto da união e o esforço de uma equipe que busca os valores do trabalho e as conquistas adquiridas em anos de existência da escola.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

1 Comentário

  1. Vitoria Vitor -  30 de dezembro de 2021 - 16:18

    Parabéns a todos os envolvidos principalmente por demonstrar e mostrar que existe pessoas comprometidas com a educação e que a educação pública deve ser de qualidade e envolvente.

    Responder

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top