Atitude política solidária, “Agroecologia contra Fome” distribui 4,5 mil cestas de alimentos na Bahia

O aumento no número de pessoas em situação de vulnerabilidade social e de insegurança alimentar no Brasil tem crescido a olhos vistos. Na Bahia, já se somam cerca de 1,9 milhões cidadãos e cidadãs nessa condição, o que representa 10% do total de 19 milhões de brasileiros.

O tema foi trabalhado no Programa Domingo Rural do último domingo(19), explicando informações da ONG SASOP, Serviço de Assessoria a Organizações Populares Rurais que de olho neste cenário de fome generalizado mobilizou a campanha Agroecologia contra a Fome, entre os dias 17 e 30 de novembro último.

Conforme a assessoria daquela entidade, a ação uniu campo e cidade numa organização conjunta com o Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA), o Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada (IRPAA), o Movimento de Organização Comunitária (MOC) e a Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional na Bahia (FASE/BA), de modo a fortalecer a agricultura familiar ao doar comida para pessoas em insegurança alimentar. “Serão ao todo mais de 90 toneladas de alimentos distribuídos para 4.431 famílias”, reforça esclarecendo que as cestas agroecológicas foram distribuídas em seis territórios da Bahia, incluindo a capital.

A ação, explica aquela assessoria, busca também fortalecer a comercialização dos alimentos produzidos pela agricultura familiar, de forma agroecológica, de modo a gerar renda no campo.

Cada cesta distribuída contém entre seus ítens: arroz integral agroecológico, feijão preto ou carioca, café, derivados de milho crioulo (flocão, creme de milho, mugunzá), açúcares (mascavo, demerara, rapadura ou mel), sal, farinha de mandioca, derivados e beneficiados da mandioca (tapioca, beiju, biscoitos, sequilhos ou bolo), tubérculos (inhame, batata doce e aipim), frutas (banana prata e da terra, laranja, maracujá, limão, abacaxi), ovos caipiras, verduras (cenoura, beterraba, chuchu, repolho, abóbora, maxixe, pepino) e folhosas, tudo agroecológico.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural / SASOP

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top