Extensão potiguar participa de seminário pra discutir inspeção animal

Numa promoção do grupo de trabalho criado pelo Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN), contando com representantes do Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária (Idiarn), Emater-RN, Secretaria de Estado da Educação, Federação dos Trabalhadores da Agricultura (Fetarn), Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Conab e Colônia de Pescadores Z22 o Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural, por meio das regionais de Pau dos Ferros e Umarizal participou do Seminário Regional de Sensibilização para Implantação do Serviço de Inspeção Municipal (SIM) em Pau dos Ferros (RN).

Segundo a assessoria da Emater-RN, o evento aconteceu no último dia 04, no auditório do IFRN e garante que o MPF/RN, enviou recomendação aos 38 prefeitos da área de atuação da Procuradoria da República em Pau dos Ferros, para que, no prazo de 90 dias, implementem a criação do serviço de inspeção municipal e, em mais 120 dias, promovam sua adesão ao Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária (Suasa) e que atualmente, apenas 11 das 38 cidades aprovaram leis tratando do SIM, mas somente duas regulamentaram essa legislação e nenhuma aderiu ao Suasa.
O tema foi evidenciado no Programa Domingo Rural do último domingo(15/01) e, segundo a assessoria daquela empresa de extensão, sem o devido funcionamento do serviço de inspeção municipal há enfraquecimento da agricultura familiar na região, pois os agricultores não podem vender seus produtos de origem animal no âmbito do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e do o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), acrescentando que além disso, os municípios que não cumprirem as normas do PNAE podem ser suspensos do programa e deixar de receber recursos federais para alimentação escolar e, se comprarem os alimentos sem a prévia e necessária inspeção, colocarão em risco a saúde dos estudantes. “O Grupo de Trabalho de Fortalecimento da Agricultura Familiar do Alto Oeste Potiguar, do qual a Regional de Pau dos Ferros e Umarizal fazem parte, foi criado por iniciativa do MPF, após uma audiência pública sobre o tema, realizada em setembro de 2014”, explica aquela assessoria.
Aquela assessoria explica que o trabalho envolverá os municípios: Alexandria, Água Nova, Almino Afonso, Antônio Martins, Coronel João Pessoa, Doutor Severiano, Encanto,Francisco Dantas, Frutuoso Gomes, Itaú, João Dias, José da Penha, Lucrécia, Luís Gomes, Major Sales, Marcelino Vieira, Martins, Messias Targino, Olho D’Água dos Borges, Paraná, Patu, Pau dos Ferros, Pilões, Portalegre, Rafael Fernandes, Rafael Godeiro, Riacho da Cruz, Riacho de Santana, Rodolfo Fernandes, São Francisco do Oeste, São Miguel, Serrinha dos Pintos, Severiano Melo, Taboleiro Grande, Tenente Ananias, Umarizal, Venha-Ver e Viçosa.
Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top