Extensionista evidencia trabalho junto a agricultura familiar com perspectiva do período chuvoso

Continuar expandindo conhecimento por um lado e reiniciar um trabalho de organização dos agricultores e agricultoras familiares é o papel da extensão rural paraibana com a perspectiva da chegada do período das chuvas, especialmente no território da Borborema que conta com um trabalho de organizações diversas no processo de implementação de tecnologias sociais apropriadas a convivência com o semiárido a exemplo das ações das entidades do Pólo Sindical da Borborema dentre outras no contexto de Articulação do Semiárido Brasileiro.

Entrevistado no Programa Domingo Rural deste domingo(24/02) na Rádio Serrana em Conexão com a Rádio Bonsucesso de Pombal e no Programa Universo Rural da última sexta-feira(22/02) o extensionista da Emater regional Campina Grande, Ewerton de Souza Bronzeado(foto) falou sobre o trabalho que a Emater vem fazendo a partir do financiamento do Ministério do Desenvolvimento Agrário(MDA) dentro da chamada pública que vem proporcionando melhores condições de fazer extensão de conhecimento e assessoramento junto as famílias agricultores dos municípios assistidos pela regional Campina Grande. “Agroecologia é o tema de nosso trabalho, nós hoje estamos trabalhando aqui no Território da Borborema com a Chamada Pública da Borborema onde o eixo principal é exatamente o processo de transição agroecológica com essas 3800 famílias”, explica Bronze ao dialogar com os ouvintes das emissoras parceiras.

Bronze explicou que o processo de produção agroecológico é um processo lento em sua dinâmica de organização e evidenciou que o Território da Borborema com a Chamada Pública do MDA é gigantesca quando comparada aos outros territórios de todo o país já que o território Borborema é o maior em população e em área trabalhada região nordeste e, segundo ele, dentro do período de contratação, cerca de dois anos e meio, já é visível os avanços registrados em todo o processo que envolve a produção nos 21 municípios atendidos, a qualidade do produzido até o mercado consumidor.

Ao dialogar com nossa equipe aquele extensionista falou sobre o trabalho que a extensão vem fazendo junto aos produtores no sentido de fortalecer a agricultura e o agricultor junto aos programas PAA, Programa de Aquisição de Alimentos e o Programa Nacional de Alimentação Escolar além de fortalecer as feiras agroecológicas já existentes e estimular nos espaços de venda direta dos produtos orgânicos vindos da agricultura familiar de todo o território. “O PNAE é um dos maiores programas de comercialização já feito nesse país para o pequeno agricultor, infelizmente a base que foi feita pela instituição Emater da organização da produção para a comercialização foi prejudicada por essa grande estiagem que assolou toda essa região nesse último ano”, explica dizendo que o processo é reestruturação da cadeia. “Esperamos que nesse 2013 as chuvas aconteçam no território da Borborema e agente possa com a infraestrutura que já foi implementada nesse período da chamada a gente reorganizar a produção e os prefeitos podem ficar tranqüilos que o PNAE e PAA haverá produtos para abastecer a merenda escolar nos seus municípios.

Bronze disse que foram diversos os municípios com renovação de gestores e secretários da agricultura e, diante das mudanças, a Emater está buscando dialogar os responsáveis pelas pastas de agricultura, social, educação dentre outras e garante que o trabalho para a inserção dos agricultores nos programas de créditos, o processo de capacitação e ações que fortaleçam a organização do PAA e PNAE será meta a ser cumprida pelos escritórios locais da Emater. “Vamos continuar as ações e quero aproveitar para convidar você e todos os agricultores que estão me ouvindo aqui de Campina Grande que dia 28 de fevereiro, numa quinta-feira, nós teremos um grande dia de campo na comunidade do Lucas onde nós vamos trabalhar a avicultura como alternativa de ocupação e renda para a agricultura familiar em parceria com a Embrapa”.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top