Federação da Agricultura paraibana discute débitos e pede calma aos produtores da Paraíba

A Federação da Agricultura e Pecuária da Paraíba, Faepa, está lutando junto ao Ministério da Fazenda e Ministério da Agricultura pela revisão dos débitos dos produtores rurais paraibanos que, estão enfrentando problemas em razão de débitos antigos que vêm inviabilizando a atividade dos produtores regionais.

Segundo o presidente da FAEPA, Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Paraíba(foto), Mário Borba, ações neste sentido estão em andamento por parte da entidade em parceria com entidades do segmento na Paraíba sintonizadas com outras entidades de âmbito nacional a exemplo da CNA, Confederação Nacional da Agricultura dentre outras que, em Brasília, estão empreendendo embates políticos na câmara e no senado em favor da agricultura do estado da Paraíba e de todo o Brasil. “Quero aqui neste momento pedir uma certa calma aos produtores rurais, aqueles que estão endividados, lembrando que há duas semanas estamos em Brasília negociando com o Ministério da Fazenda, Ministério da Agricultura, Comissão de Agricultura na Câmara e no Senado, junto com a CNA, Confederação Nacional da Agricultura e com a OCB(Confederação das Cooperativas Brasileiras) e já se dar sinal verde daquilo que nós poderemos alcançar”, argumenta Borba ao contatar com a equipe Stúdio Rural, acrescentando que reuniões importantes aconteceram com o diretor de crédito rural do Banco do Nordeste, com parlamentares nordestinos, representações da CNA e que, em conseqüência, medidas importantes em breve serão anunciadas em favor dos produtores rurais de todo o estado e toda a região.

Borba informou que mesmo diante das chuvas acontecidas e acontecendo, muitos produtores rurais ficam sem plantar porque estão endividados sem poder empreender novos investimento e que a Faepa, no exercício de suas funções, tem desempenhado importante papel juntos aos segmentos produtivos do estado, buscando torná-los aptos para um novo momento da agricultura e pecuária estadual e brasileira. “Teremos novidades para nossos produtores que estão aí sacrificados, chove e não podem plantar porque estão endividados, não tiram dinheiro para novos investimentos, então precisamos resolver por toda essa questão da inadimplência do Nordeste para que nossos produtores comecem a viver novos tempos”, argumenta Borba.

Já o presidente da Comissão de Agricultura da Câmara, deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) afirmou no final da semana que passou que proposta de renegociação da dívida do setor rural deve ser concluída durante o início desta semana e, segundo ele, os pontos que já foram divulgados por parlamentares da bancada ruralista já estão com o ministro da Fazenda,Guido Mantega, mas os deputados querem, até a publicação da Medida Provisória, avançar nas discussões sobre o tema.

Fonte : Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top