Feira do produtor com venda direta ao consumidor fecha ano com resultados positivos

A Feagro, Feira do Produtor que acontece todas as sextas-feiras na Pirâmide do Parque do Povo em Campina Grande e que tem como filosofia vender produtos alimentícios vindos direto do produtor rural com venda direta aos consumidores á preços atrativos vai chegando o final de 2009 contabilizando resultados positivos já que elimina a presença do atravessador e apresenta qualidade do produto que, em sua maioria, é produzido sem uso de veneno e produtos perigosos a saúde do consumidor.

Aquela feira existe desde o ano de 1996, contando com 13 anos de serviços prestados á comunidade campinense e apresentando ampla linha de produtos a exemplo de verduras vindas do Brejo paraibano, frutas vindas do Brejo e Agreste e produtos da pecuária que vão do leite, queijo, carne caprina, buchada no tempero, galinha de capoeira, ovos até mel de abelha africanizada dentre outros.

Stúdio Rural conversou com o técnico da Emater e ex-coordenador da Emater Regional Campina Grande, Antônio Venâncio de Moura(foto), que falou sobre o trabalho que vem sendo feito pela extensão paraibana que tem dado condições para que os produtores consigam desenvolver uma produção com sustentabilidade e que tem agradado a clientela campinense, tem aumentado a capacidade de produção e venda dos produtos e melhorado a qualidade de vida das famílias agricultoras que comercializam seus produtos naquele espaço. “Acabamos de participar de um seminário de dois dias com as feiras ecológicas, você sabe muito bem que essa feira foi criada em 1996 quando não se falava em produtos ecológicos, nós vimos nesse processo um trabalho de feira agropecuária, essa feira nossa, mas, nós já temos produtos aqui, nós já temos produtores que trabalham na agroecologia e que participam até de outras feiras, mas é um processo lento e um processo que a Emater e a comissão da Emater está tentando fazer com os produtores de vagazinho pra que seja um trabalho lento e respeitável ao público”, exemplifica Moura.

Ele informou que o trabalho envolve diretamente cerca oitenta famílias agricultoras de dezesseis municípios da região do Compartimento da Borborema que ampla diversidade de produtos em verduras, frutas, legumes e produtos da pecuária e garante que a clientela desde o ano de 1996 e garante que a qualidade dos produtos e a confiança da clientela tem feito com que, mesmo com a chegada de diversos grandes supermercados atacadistas não tem provocado queda nas vendas dos produtos e a presença dos diversos clientes que já tem nas manhãs das sextas-feiras um espaço de amizade.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top