Gerente faz balanço das ações 2011 da Embrapa Transferência de Tecnologia e fala sobre perspectivas 2012

As avaliações 2011 são positivas pelo fato de terem sido firmados grandes convênios com o MDA, com a Petrobras tem sido articulado as novas produções de cultivares testadas e adaptadas a região, e isso é muito importante para o desenvolvimento da região Nordeste como um todo.

A afirmativa é do gerente da Embrapa Transferência de Tecnologias, escritório de Campina Grande, Daniel da Silva Ferreira(foto), ao participar do Programa Domingo Rural deste domingo(01/01) fazendo um balanço das ações 2011 na parceria com empresas e órgãos do governo federal além das ações com entidades sociais da agricultura familiar e governos locais. “Na verdade em 2011 a gente teve uma experiência na questão da batatinha onde foram trazidas algumas cultivares da Embrapa e elas foram testadas aqui na região, algumas tiveram um excelente desempenho, outras não, mas como era um teste de validação, serviu para que os agricultores pudessem avaliar melhor e traçar novas produções e isso agora em 2012 a gente tende a continuar essas parcerias com o governo estadual, municipal e alavancar essa produção”, explica Daniel Ferreira.

Aquele gerente informou que a Embrapa Transferência de Tecnologias tem conseguido desempenhar o papel de fazer com que os materiais pesquisados e tecnologias desenvolvidas sejam compartilhadas com agricultores e empresas espalhadas por todo o território nacional. “As parcerias com o MDA para distribuição de sementes em todos os estados do Nordeste tem feito com que cultivares, de repente produzidas em Sete Lagoas-MG, como é o caso do milho; em Goiás como é o caso do feijão e aqui também na Paraíba possam passar de um lugar pra outro transitar tranquilamente, Petrobras também é outro exemplo onde sementes produzidas de mamona aqui no estado e estados circunvizinhos vão pra Bahia, vão pra Minas Gerais e isso está sendo feito tranquilamente esse intercâmbio de tecnologias”, explica dizendo que importante projeto está sendo renovado com a Petrobras objetivando trabalhar a mamona e o girassol destinados ao projeto de biocombustíveis citando exemplos de trabalhos desenvolvidos no RN e CE em que a Petrobras garante a compra dos produtos numa parceria com os agricultores.

Daniel informou que a Embrapa Transferência de Tecnologias vem fazendo um trabalho de divulgação das variedades da mamona BRS Paraguaçu e a BRS Nordestina além de trabalhos em parcerias com variedades de Feijão Vigna como o Punjante, Guariba e de Milho Catingueiro que já estão testados e já têm aceitação por parte de agricultores e empreendedores em geral.

Outro tema trabalhado por aquele gerente foi a pesquisa participativa em parcerias com as entidades de agricultores da ASA Paraíba, especialmente dando continuidade a trabalhos que vêm sendo feitos com entidades do Coletivo Regional do Cariri, Seridó e Curimataú e Pólo Sindical e das Organizações da Agricultura Familiar da Borborema. “Sim, com certeza, isso já é uma realidade a pesquisa participativa, o trabalho em parceria com as entidades e isso não tem volta mais, isso é uma coisa que tem que ser cultivada, ampliada e cada vez mais trabalhada, porque só é através ou por intermédio dessas entidades e associações que a Embrapa vai chegar bem próximo aos agricultores e o agricultor é o agente principal de tudo isso, sem ele a Embrapa não tem sucesso”, explica Ferreira, enfatizando ser importante o estreitamento de parcerias, amizades e compromissos entre as partes interessadas para que seja possível colher frutos a partir dessas articulações entre agricultores e agricultoras, entidades, governo federal, estadual e municipais na busca do desenvolvimento.

Fonte : Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top