Governo pernambucano anuncia incentivo para plantio de algodão através de órgãos do estado

O governador Eduardo Campos e o secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Ranilson Ramos, assinam protocolo de intenções com o Sindicato da Indústria Têxtil de Pernambuco a fim de reestruturar, incentivar e proporcionar a sustentabilidade da cadeia produtiva do algodão.

Segundo a assessora de comunicação da secretaria de agricultura daquele estado, Jaqueline Macedo, a assinatura aconteceu durante o Seminário Todos por Pernambuco que aconteceu recentemente em Santa Cruz do Capibaribe, Agreste pernambucano.

Aquela assessoria explicou que por meio do Programa Terra Pronta, executado pelo Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), serão preparados 700 hectares para o plantio da cultura do algodoeiro herbáceo, com investimento da ordem de R$ 98 mil, além da distribuição de 8 mil kg de sementes de algodão no valor de style=mso-spacerun: yes>  valor de R$ 100 mil, style=mso-spacerun: yes>  gerando aproximadamente 980 empregos diretos.

O protocolo, segundo Macedo, abrange os municípios de Belo Jardim, Casinhas, Cumaru, Feira Nova, Frei Miguelinho, Glória de Goitá, João Alfredo, Limoeiro, Orobó, Passira, Santa Maria do Cambucá, Salgadinho, Surubim, Taquaritinga, Vertente e Vertente do Lério que estão no Agreste Sententrional de Pernambuco.

Fonte : Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top