Incra e MDA promovem mutirão de documentação para mulheres de mais 17 municípios paraibanos

A Superintendência Regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) na Paraíba e o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) irão beneficiar comunidades rurais, acampamentos e assentamentos da reforma agrária de 17 municípios paraibanos com mais uma rodada de mutirões do Programa Nacional de Documentação da Trabalhadora Rural, nos territórios da cidadania Vale do Piranhas, Médio Piranhas,Alto Sertão e Vale do Piancó.

A informação é do assessor de comunicação do Incra-PB, Jaimaci Martins, explicando que os mutirões começam nesta quinta-feira (6), e vão até o dia 23, deste mês onde durante todo o dia, poderão ser tirados, gratuitamente, documentos como registro de nascimento, carteira de identidade, CPF, carteira de trabalho, registro junto ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e carteira de pescador. Os atendimentos são realizados com o auxílio de um ônibus equipado e os documentos são entregues na hora, inclusive a carteira de identidade.

Ao contatar com Stúdio Rural, Martins explicou que o mutirão de documentação começa pelo município de Vieirópolis (6/9), em seguida Marizópolis (dias 7 e 8), Nazarezinho (dia 9), Santa Cruz (10), São Francisco style=mso-spacerun: yes>  (dia 11), São Domingos (dia 12), Aparecida (dia 13), Paulista (dia 14), São Bento style=mso-spacerun: yes>  (15 ), Mato Grosso (16 ),Jericó (dia 17), Lagoa (18),Pombal (19),São Bentinho (20),Vista Serrana (21),Coremas (22),Cajazeiras (23) num trabalho desenvolvido por diversas entidades parceiras.

Ele explicou que os participantes do mutirão também poderão receber orientações sobre direitos previdenciários, a exemplo de salário maternidade e auxílio doença, e assessoria jurídica em casos como mudança de profissão de doméstica para agricultora (destinado a agricultoras familiares), pensão alimentícia, divórcio, termo de união estável e reconhecimento de paternidade.A prioridade nos atendimentos é dada às mulheres, como parte das ações do Programa de Promoção da Igualdade de Gênero, Raça e Etnia (Ppigre/MDA), mas homens e crianças também são beneficiados.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Universo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top