Itabaiana sedia fórum dos assentados da Zona da Mata Sul paraibana

Durante esta quarta e quinta-feira( 29 e 30 de janeiro) a cidade de Itabaiana está sediando o V Fórum da Mata Sul em evento que envolve representantes de 31 assentamentos da reforma agrária, situados em 11 municípios e que estão reunidos durante os dois dias na casa de recepções Maison Finesse, na cidade de Itabaiana, a 80 quilômetros da capital João Pessoa.

A informação é do assessor de comunicação do Incra-PB, Jaimaci Martins, explicando que o encontro está sendo promovido pela Consultoria e Planejamento de Projetos Agropecuários LTDA (Consplan), contratada pelo Incra/PB para dar assistência aos assentamentos e que está sendo realizado com um formato diferenciado, onde os palestrantes são os próprios assentados. “Eles estão relatando para o público, suas experiências com o trabalho da Assessoria Técnica, Social e Ambiental à Reforma Agrária – ATES – , o que mudou na vida das famílias, seus anseios, expectativas de progresso e quais as propostas de melhoria para o trabalho da Assistência Técnica”, explica Martins ao dialogar com Stúdio Rural.

Aquele assessor explicou que a abertura do encontro também contou com a participação dos diretores da Consplan, o prefeito de Itabaiana, Antônio Carlos, que elogiou a qualidade dos produtos fornecidos para a merenda escolar do município, o chefe da administração do Incra/PB, José Queiroz, que representou o superintendente regional, Cleofas Caju, o coordenador do programa de Ates do Incra-PB, José Vandilson do Nascimento Silva, que falou sobre o programa Brasil Sem Miséria e Fomentos, além de convidados que estão assistindo os relatos dos assentados. “Entre as experiências de mudança de vida, relatadas no fórum, está a da assentada Daurenice Pereira dos Santos, de 52 anos de idade. Ela conta que quando chegou ao assentamento Gurugi II, que fica no município de Conde, a 18 quilômetros de João Pessoa, possuía como bem, apenas uma bicicleta. Depois do trabalho da assistência técnica do Incra, ela relata que conseguiu melhorar de vida,juntamente com a família”, explica acrescentando que diversas políticas públicas estão sendo evidenciadas a exemplo do PAA e PNAE dentre outras políticas que estão melhorando o padrão vida das famílias nos assentamentos.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural
Foto  : Jaimaci Martins

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top