Parlamentar petista participa de Fórum Social Temático no Rio Grande do Sul

O deputado estadual Frei Anastácio (PT-PB) participou das atividades do Fórum Social Temático que aconteceu de 21 a 26 deste mês de janeiro, em Porto Alegre, Capital gaucha e que contou com amplas atividades em pontos diversos daquela capital e em Canoas numa ação promovida por ativistas de organizações não governamentais (ONGs), sindicatos, movimentos sociais brasileiros e de vários países da América Latina e que teve como tema principal “A crise capitalista, democracia, justiça social e ambiental.

Na opinião daquele parlamentar, foram batidos e refletidos temas que reforçam a importância das lutas sociais por conquistas de políticas públicas, em especial na atual conjuntura política vivida no país, tida por ele como novos tempos, com mudanças estruturantes implantadas pelo governo do PT.

Para Anastácio, segundo a assessoria daquele parlamentar, as ferramentas para as transformações do nosso país não são as elites, nem a política já que entende que as mudanças só continuarão acontecendo, com o fortalecimento dos movimentos sociais do campo e da cidade, afirmando que essa foi umas das conclusões dos debates daquele Fórum acontecendo no Rio Grande do Sul. “O deputado disse que essas conclusões foram levantadas pelos debates promovidos pela juventude, com representação de todo o Brasil”, argumenta aquela assessoria justificando que para Anastácio é preciso um maior fortalecimento dos movimentos sociais do campo, a exemplo do MST, Comissão Pastoral da Terra e das organizações da cidade, a exemplo do LGBT, movimentos de Mulheres, Negros, Sindicatos, ONGs, entre outros, para enfrentar a luta em busca das transformações do nosso país.

Além do fortalecimento dos movimentos sociais, continua a assessoria, o deputado afirma que é necessária a união dos partidos de sustentação do governo do PT, para que as transformações continuem acontecendo no Brasil, acrescentando que o próprio secretário-geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, esteve no Fórum e externou essa preocupação, avaliando que o cenário econômico do país ainda não é o ideal e que o país enfrentará nova onda de protestos durante a realização da copa e que espera empenho da sociedade e da militância diante das eleições 2014 na perspectiva de ampliar conquistas.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Universo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top