Laboratório aponta La Ninã como Fenômeno que poderá influenciar nas chuvas do sertão pernambucano

O Laboratório de Meteorologia de Pernambuco (Lamepe), prevê que a partir do final da primeira quinzena de novembro, terá o inicio as trovoadas no Sertão, principalmente nas microrregiões de São Francisco e de Petrolina motivados pelo fenômeno La Niña que deve colaborar para a chegada da chuva no semiárido daquele Estado.

A informação é do assessor de comunicação do Lamep, Robério Coutinho, comentando que, de acordo com a coordenadora daquele laboratório, Francis Lacerda, haverá um atraso no inicio da pré-estação chuvosa no sertão, que normalmente começa no mês de outubro, fazendo com que as precipitações pluviométricas previstas para o semiárido devam apresentar uma alta variabilidade temporal e espacial onde os episódios pluviométricos podem ocorrer de forma intensa e concentrada.

Robério informou que a coordenadora daquele laboratório, é da opinião de que os resultados detalhados da previsão climática para Pernambuco, com destaque para o Sertão, serão apresentados ao secretário estadual de Agricultura e Reforma Agrária (SARA), Ranilson Ramos enquanto instrumento que possa contribuir para as medidas a serem tomadas por parte daquela secretaria governamental.

Coutinho aproveitou para informar que os impactos das mudanças climáticas nos recursos hídricos e os eventos extremos de chuvas em Pernambuco serão estudados, em parceria, entre o Laboratório de Meteorologia de Pernambuco (Lamepe/Itep) e a Escola Politécnica da Universidade de Pernambuco (POLI) através de termo de cooperação técnica científica entre as entidades já que foi elaborada, e, aguarda apenas, a assinatura da direção do Instituto de tecnologia de Pernambuco (Itep) e da POLI. “De acordo com a coordenadora do Lamepe/Itep, Francis Lacerda, a parceria vai colaborar para fortalecer as pesquisas estaduais em mudanças climáticas e hidrometeorologia”.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top