Mandioca e Fruticultura Tropical promove Semana do Meio Ambiente

Em comemoração ao Dia do Meio Ambiente, 5 de junho, a Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical (Cruz das Almas – BA), Unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, realiza, nas manhãs de 4 a 6 de junho, a Semana do Meio Ambiente 2007, coordenada pelo seu Projeto de Gestão Ambiental.

Ao contatar com Stúdio Rural, a assessora daquela unidade de pesquisas, Lea Cunha, informou que nesta segunda-feira, o dia 4, as atividades incluem palestras, lançamento da campanha interna Lixo zero e divulgação do resultado do concurso das melhores frases sobre o meio ambiente. Na terça-feira, dia 5, haverá o depoimento de representantes de instituições públicas e privadas da região em relação a pergunta: “O que a sua instituição tem feito pela preservação do meio ambiente?”. Foram convidados representantes da Petrobras, Embasa, Universidade Federal de Recôncavo da Bahia (UFRB), Bibi Indústria de Calçados, Mastrotto e Reichert Indústria de Couros e Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Meio Ambiente da Prefeitura Municipal de Cruz das Almas.

Lea informou que o Projeto de Gestão Ambiental é Liderado pelo pesquisador Laércio Duarte Souza e tem como objetivo principal a elaboração de um Sistema de Gerenciamento Ambiental que possibilite a incorporação dos princípios de responsabilidade, precaução e conservação ambiental à cultura local da Unidade. “Segundo Laércio Souza, o projeto surgiu para integrar e coordenar as várias iniciativas que já eram desenvolvidas”, argumenta Lea, argumentando que o pesquisador é da opinião de que o projeto facilita a definição e implantação das instruções para coleta seletiva, armazenamento, tratamento, reciclagem e disposição adequada de resíduos gerais e especiais/perigosos.

Iniciando pelo incentivo à participação, sensibilização e conscientização da comunidade interna, acrescenta Cunha, uma das primeiras iniciativas foi a criação do “Programa de capacitação de educadores ambientais”. Ela argumenta que o Projeto de Gestão Ambiental tem cinco planos de ação: Educação ambiental, Gestão de resíduos laboratoriais, Gestão de resíduos de campos experimentais, Otimização de recursos/gestão integrada resíduos e Áreas protegidas e plano de manejo.

Fonte : Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top