Mandioca na alimentação da avicultura caipira é tema no Domingo Rural

A criação de aves caipiras usando como alimentação ração derivada de mandioca proporciona uma redução de custo final, sem alterar o desempenho de crescimento das aves.

A informação foi trabalhada no Programa Domingo Rural tomando como base estudos desenvolvidos pelo pesquisador da Empaer, Vicente de Assis Ferreira, e pelo pesquisador da Universidade Federal de Minas Gerais, Francisco Almeida Ângelo, justificando que os resultados trazem benefícios para a avicultura caipira de corte na agricultura familiar. “Os estudos estão disponibilizados para utilização dos avicultores, fazendo com que possam agregar valores e reduzindo custos na produção de frango caipira. Os pesquisadores não têm dúvidas de que esse exaustivo trabalho de pesquisa trará grande contribuição para a atividade”, explica a assessoria da Empaer acrescentando que as pesquisas começaram a partir da necessidade de se criar alternativa de alimentação de aves em face da escassez de milho.

A extensão paraibana justifica que cada vez mais os avicultores vêm buscando alimentação alternativa para a redução de custos da criação e a mandioca é uma cultura que apresenta vantagem por oferecer grande produtividade, se adapta a solo de baixa fertilidade e por ser cultivada em todas as regiões.

Segundo Vicente de Assis Ferreira, os resultados permitiram se inteirar pela viabilidade do uso do farelo da raiz, do caule e da folha de mandioca em substituição a 75% do milho, na criação de aves caipira de corte.  “A mandioca é uma planta de ciclo perene, cultivada em todas as regiões do país e no semiárido resiste ao clima, representando atividade socioeconômica para famílias agricultoras”, explica.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

1 Comentário

  1. Ulisses Fernandes -  8 de setembro de 2021 - 11:48

    Bom dia.

    Muito bom mais como podemos usar, tem fórmula, e para qual tipo de galinha devo usar?
    Teria disponibilidade para passar estas fórmulas?

    Responder

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top