Movimento territorial faz passeata em Boqueirão por um Cariri livre dos agrotóxicos

Durante os dias 27 e 28 de julho, última quarta e quinta-feira, na cidade de Boqueirão, entidades e suas composições no Fórum de Desenvolvimento Territorial Sustentável do Cariri Oriental realizaram a festa da agricultura familiar daquela microrregião, evento que contou com comitivas dos 14 municípios que compõem aquele território e desenvolveu diversas atividades a exemplo de oficinas, capacitações, entregas de mini-bibliotecas rurais Arcas das Letras, programa de documentação da mulher camponesa dentre outras e finalizou com passeata pelas ruas centrais de Boqueirão, concentração defronte a sede do Fórum com acolhida das comitivas municipais, apresentações culturais, discursos de representações das entidades parceiras apresentando suas propostas de aplicação de trabalho na construção de políticas e práticas por um território livre dos agrotóxicos dentre outras atividades.

Ao dialogar com Stúdio Rural, o articulador estadual dos territórios rurais e da cidadania na Paraíba, Antônio Junio da Silva, disse que o evento assume o papel de despertar na sociedade e nos agricultores e agricultoras a importância de se trabalhar uma agricultura limpa e um processo de consumo consciente onde a sociedade urbana e rural, que consumam gêneros alimentícios vindos do campo, tenha mais exigência na hora de comprar seus produtos e ao mesmo tempo procurem informações sobre os perigos dos venenos que são ingeridos através da alimentação e ao mesmo tempo procurem conhecer as práticas agrícolas locais identificando aquelas famílias e ou comunidades que trabalham o processo de produção na lógica dos consórcios agroecológicos que dão sentido á diversidade agroecológica da agricultura familiar. Ele lembrou que essa prática precisa ser intensificada na região onde existam as bacias hídricas que dão condições de produção agrícolas e que precisam ter suas reservas protegidas e preservadas através de práticas sustentáveis.

Já o delegado federal do desenvolvimento agrário no Estado da Paraíba, Antônio Alves, disse que existe uma parceria do governo federal com os governos locais onde, com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento da Agropecuária e Pesca paraibana, foi possível desenvolver a semana do agricultor que serviu como espaço de divulgação de ações diversas em diversas microrregiões do estado a exemplo de Boqueirão que foi palco expositivo das diversas políticas públicas de governos que estão sendo trabalhadas com a participação das diversas representações de cada município com decisões de interesse do coletivo municipal territorial. “A tendência é daqui pra frente as ações se fortaleceram cada vez mais, nós estamos um pouco abaixo do que foi do governo do presidente Lula, mas isso é natural em um governo que está começando e tem que está construindo esses arranjos, mas a política e as ações continuam, nós tivemos agora o lançamento do Plano Safra, em Francisco Beltrão, no Paraná, nós iremos lançar o Plano Safra aqui na Paraíba onde já temos uma agenda com o governo do estado para o ministro do desenvolvimento agrário estar aqui na Paraíba no dia 23 de agosto, há uma possibilidade da presidente Dilma estar neste dia e nós queremos concretizar e trazer a presidente Dilma em nosso estado da Paraíba para cada vez mais fortalecer a ação do Ministério do Desenvolvimento Agrário aqui na Paraíba”.

A componente territorial através da organização CASACO, Célia Araújo, disse que o evento foi uma realização do CASACO numa luta conjunta na busca de trabalhar e fortalecer ações por um Cariri livre dos agrotóxicos garantindo que a campanha não será só de visão midiática, mas será um trabalho de base com a agricultura familiar onde as famílias agricultoras descubram e vivenciem as práticas agrícolas sustentáveis e que continuem crescendo rumo ao mercado direto aos consumidores já que a venda direta representa importante espaço de divulgação de que o veneno é uma necessidade apenas de mercado e não uma carência da agricultura e ou tecnologia que permita prática sustentável para o bem-estar das famílias produtoras, dos consumidores e do maio ambiente. “Não é fácil, mas a gente se encorajou pra assumir essa causa com esse compromisso de luta, a gente acredita que é possível o Território do Cariri ter um produto agroecológico, autônoma, rica, sem veneno e a gente assumiu isso com alguns agricultores que vivem essa proposta, é um tema de debate e polêmico, existem muitos interesses de empresários envolvidos nisso, existe muito dinheiro envolvido nisso”, explica aquela liderança afirmando que existe de um lado o interesse do mercado e de outro o interesse da agricultura consciente que trabalha com prioridades a segurança alimentar e a oferta de alimentos saudáveis, de dentro pra fora, para os mercados locais.

Sindicatos de trabalhadores rurais e associações de agricultores são participantes nas permanentes atividades e no evento marcaram presença como forma de fortalecer as ações, as práticas e discussões empreendidas naquela microrregião e, conforme o representante do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Barra de Santana, Paulo Medeiros Barreto, o evento representa a continuação dos trabalhos e ações na busca de construir políticas públicas que promovam o desenvolvimento da pessoa humana no município e a promoção do município de forma coletiva dentro na microrregião territorial. “Quando se discute os problemas dos agricultores é de interesse nosso discutir e avançar nas discussões e aqui é um momento e espaço de discussão estratégico para a gente articular qual o rumo viável para a agricultora e o agricultor familiar e por estamos em todas as discussões, estamos aqui neste movimento e estaremos em todos os momentos na construção de propostas para o desenvolvimento do coletivo regional”.

Fonte : Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top