Plano estadual dos APLs é destaque no Domingo Rural desta semana

Discutir a importância dos Arranjos Produtivas Locais para o fortalecimento da agricultura e pecuária paraibana foi tema trabalhado no Programa Domingo Rural desta semana a partir de entrevista com o agente de desenvolvimento do Banco do Nordeste(BNB), José Vicente de Melo e com o coordenar do Planes-PB, agrônomo Adelaido de Araújo Pereira falando sobre a construção do Plano Estadual de Fortalecimento e Desenvolvimento dos Arranjos Produtivos Locais da Paraíba(Planes) que envolve nove APLs, Arranjos Produtivos Locais e que foi apresentado no último dia 22, em Campina Grande, para autoridades, imprensa, segmentos produtivos e a sociedade paraibana.

“O lançamento do Planes, no Insa, foi algo extremamente positivo para o sistema agropecuário na Paraíba, demonstrou um nível de organização jamais visto para o agropecuário paraibano onde estamos bem maduros na parte de organização e também de conhecimento e propostas a serem apresentadas, estamos preparados para o diálogo”, explica Adelaido ao dialogar com nosso público ouvinte Domingo Rural explicando que o Planes contém um panorama da real situação encontrada pela atividade camponesa paraibana no tocante ao desenvolvimento e práticas agropecuárias além de um panorama dos principais entraves que impedem o desenvolvimento de importantes cadeias produtivas, apontando propostas de soluções. “Fomos além e colocamos o potencial pra cada setor que pode ser explorado, tudo isso está exposto num documento bem sistematizado feito pelos pesquisadores, técnicos, professores e está à disposição para o diálogo pra que juntos possamos construir e colocar em prática o desenvolvimento apropriado ao agropecuário paraibano, seja o setor produtivo, agroindustrialização, comercialização e o consumo”, explica Adelaido.

“Esse evento que ocorreu essa semana no Insa é totalmente diferente porque é uma coisa que partiu das bases, a idealização, o planejamento, a execução do plano tudo começou de baixo pra cima, é uma oportunidade agora daqui pra frente de tentar se fazer a organização nas cadeias produtivas que são várias”, explica José Vicente evidenciando um conjunto de ações já em andamento em cadeias produtivas com importantes Projetos de Desenvolvimento Territorial, Prodeters do Banco do Nordeste, já em andamento em importantes microrregiões do Estado da Paraíba. “É um momento novo, eu acho que é uma oportunidade muito grande porque nós vamos partir desses trabalho com tendências de aumentar as demandas por investimentos e, somando-se a tudo isso, tem o Prodeter que a gente já vinha trabalhando, então a ideia nossa no Banco do Nordeste é procurar fazer cada vez mais a integração do nosso Prodeter com o Planes que são projetos que se assemelham, os planos de ação do Prodeter e o plano de ação do Planes são coisas muito parecidas”, explica Vicente em diálogo com nosso público Domingo Rural.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top