Programa emergencial do BNB beneficia atividades econômicas prejudicadas pelas enchentes

Produtores rurais (pessoas físicas e jurídicas), empresas, associações e cooperativas que desenvolvam atividades produtivas nos setores rural, industrial, agroindustrial, de turismo, infra-estrutura, comércio e serviços e que tiveram atividades prejudicadas pelas inundações deste ano, na área de atuação do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), poderão ter crédito emergencial do Banco do Nordeste. Nesse sentido, o Ministério da Integração Nacional autorizou o BNB a operacionalizar o Programa Emergencial para Recuperação das Atividades Econômicas Atingidas pelas Inundações de 2008, com recursos do Fundo Constitucional.

A informação foi repassada pela assessora do BNB na Paraíba, Lílian Lopes Pedreira Ribeiro, justificando que o Programa Emergencial abrange ainda a regularização de dívidas, possibilitando a prorrogação do vencimento de prestações de operações rurais e dos demais setores cujos empreendimentos estejam localizados em municípios em situação de emergência ou em estado de calamidade pública. “Também podem ser regularizadas dívidas relativas a operações cujo empreendimento esteja localizado em municípios fora dessas situações, mas que haja laudo técnico, individual ou coletivo, atestando os prejuízos”, complementa.

Lílian informou que no setor rural, serão financiados investimentos fixos, semifixos e custeio, enquanto nos demais setores, investimentos fixos, mistos, capital de giro associado, reposição de estoques e aquisição de matérias-primas e insumos e que os limites de financiamento para investimentos fixos observarão a tipologia de municípios definida na Política Nacional de Desenvolvimento Regional (PNDR), estabelecendo maiores percentuais para áreas de menor renda e de menor dinamismo. “Pequenos e miniprodutores, pequenas e microempresas, por exemplo, terão financiamento de até 100%”, complementa .

Fonte : Stúdio Rural / Programa Domingo Rural

Compartilhe se gostou

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados como (obrigatório) devem ser preenchidos.

Newsletter

Através da nossa newsletter você ficar informado, o informativo do estudo rural já conta com mais de 20 mil inscritos, faça parte você também.

Back to Top